Resenha: ‘Antes, Agora e Sempre – Teodora Kostova’

​Ooooi oi gente!! Estou volta pra falar do segundo livro da série Heartbeat da Teodora Kostova que está sendo publicado pela nossa parceira Editora Charme. Eu já falei do primeiro livro, Num Piscar de Olhos, leiam a resenha AQUI. Conferiram a sinopse primeiro…

ANTES Gia deixou Beppe entrar em sua vida muito facilmente, como se fosse a coisa mais natural do mundo. Ela ficou ao lado dele quando ele foi tão ferido que pensou que poderia morrer; ela o acalmou quando ele estava tão zangado que pensou em fazer algo de que se arrependeria pelo resto de sua vida.
Gia salvou a vida dele.
Pelo menos uma vez ele precisava ser forte por ela.
Este momento agora era deles. Pertencia a eles, não a pais abusivos ou mortos, não à culpa, ao pesar ou à tristeza, não ao passado ou ao futuro.
Mas será que o amor deles sobreviverá quando a tragédia os separar?
“Eu tenho que ir, Gia. Estou cansado e… Eu me sinto vazio. Sei que você precisa de mim, mas eu não tenho mais nada para dar agora. Eu preciso me curar.”
“Eu sinto tanto a sua falta que dói para respirar.”
AGORA Beppe ainda era o amigo mais próximo de Gia, mas eles nunca seriam nada mais do que isso de novo. Lembrar-se de como era ter a pessoa que você mais amava no mundo arrancada de você ainda doía. Gia estava determinada a nunca mais ser colocada nesta posição novamente.
Nunca houve falta de amor, mas seria Beppe capaz de ganhar a confiança de Gia novamente?
SEMPRE “Quando eu estava quebrado, você me deu pedaços de si mesma e me deixou inteiro novamente.”
Antes, Agora e Sempre é o segundo livro da série Heartbeat. Tem a participação de personagens do primeiro livro da série, “Num piscar de olhos”, mas pode ser lido separadamente. É a história completa de Beppe e Gia – com um final.
Um romance contemporâneo jovem adulto, recomendado para leitores com mais de 17 anos, devido à linguagem, atos sexuais e caras italianos incrivelmente gostosos.

Quem leu o primeiro livro, Num Piscar de Olhos, já conhece nosso casal Beppe e Gianna. Temos uma pequena introdução deles, pois Gia é irmã de Max, protagonista no primeiro volume, e Beppe é seu melhor amigo. Nós também sabemos um pouquinho da história dos dois através de histórias de Max e pelos olhos de Stella. Mas é neste livro que sabemos todos os detalhes, separados por períodos, da vida de Gia e Beppe.

26971908_1166007930196838_1921750664_o

O livro é separado em três partes, que dão nome ao título. Em Antes, somos levados a anos atrás, quando Gia e Beppe se conheceram. Ele é um garotinho de 6 anos que após um tombo, está na calçada e um pouco em pânico só de pensar em voltar pra casa machucado. Gia, com seus 8 anos, o encontra e o ajuda com o ferimento. Eles então não se separam a partir daí.

Gia apresenta ele ao seu irmão Max que tem a mesma idade que Beppe e o trio está formado. Eles se dão bem instantaneamente e conforme Max e principalmente Gia descobrem sobre o pai abusivo de Beppe, a relação dos três se intensifica mais. Beppe é agredido constantemente pelo pai, a sombra do silêncio da mãe que não move um dedo para ajudá-lo, afinal ela também sofre com os abusos, o que não justifica não defender o filho. Gia toma para si a responsabilidade de cuidar de Beppe. Ela junto com Max, cuidam de seus ferimentos e o esconde em casa quando a situação está ruim.

Nove anos se passam e ainda vendo que nada mudou na casa de Beppe, Gia implora para Beppe fazer alguma coisa para sair daquela situação. Seu pai fica cada dia mais agressivo, mas Beppe se recusa, alegando que seu pai e sua mãe são a única família que ele tem. Gia não aceita, mas fica ao seu lado. Ela não está passando por um momento bom também pois seu pai acaba de morrer de câncer e além da culpa que a persegue por não ter ficado ao lado do irmão e o ajudado a cuidar do pai, ela também tem que lidar com um Max revoltado, sua faculdade e o medo de algo pior acontecer com Beppe. Ela se sente sobrecarregada. Mas sabem como é, as coisas sempre podem piorar.

Numa noite, o pai de Beppe alcança seu auge de violência e acaba esfaqueando a esposa, que não resiste e acaba falecendo, Beppe e depois acaba se suicidando. Uma verdadeira tragédia, mas que faz com que Beppe conheça seu avô materno. Ele tinha se mantido afastado por não aceitar o casamento da filha, sem ter idéia do que acontecia na vida deles. Ele veio buscar o neto e compensar todos os anos longe.

Gia surta, afinal ela quem sempre cuidou de Beppe, esteve ao lado dele. Mas apesar de ter aberto seu coração para Beppe e ele ter feito o mesmo, ela entende que ele precisa ter esse contato com esse lado da família que ele não conhecia e sentir que é amado por outra pessoa além dela. Eles se falam todos os dias e ela não vê a hora dele fazer 18 anos e voltar para casa. Acontece que Beppe não volta e isso quebra o coração de Gia. Ela se convence que ele não a amava tanto assim e constrói mil barreiras em seu coração prometendo superá-lo.

Mais quatro anos se passam e estamos na Parte 2, o Agora. Beppe voltou faz dois anos mas não encontrou uma Gia receptiva como ele esperava, o que quebra seu coração. Ele entende a raiva dela, mas ele precisava ficar um pouco mais para ajudar o avô. Era só mais alguns meses, mas foi demais para Gia e por mais que ela tenha ficado feliz em vê-lo, ela não quer nada além de amizade. Ele se conforma no começo e se torna o maior pegador da cidade, mas depois de um momento entre eles, Beppe percebe que Gia ainda o deseja e isso lhe dá força. Ele fará tudo o que puder para mostrar a ela o quão bom eles são juntos e que Gia sempre foi a mulher da vida dele.

Gia fica brava por essa nova abordagem de Beppe. Ela não quer correr o risco de entregar seu coração novamente e Beppe ir embora novamente. Ela não ia superar dessa vez. Ela até começa a namorar seu chefe, Francesco, que surpreendentemente mostra um verdadeiro interesse nela. Beppe fica furioso e não confia nada neste Francesco, mas acaba recua. Até que algo acontece e Gia terá que escolher entre os dois. Por mais que a escolha não seja difícil, vai trazer consequências para a vida tanto de Gia, como de Beppe.

26938206_1165978460199785_382485691_o

A parte 3, Sempre, mostra um final diferente do que imaginei para este casal, mas não menos agradável. Eu demorei para me conectar com esta história. Acredito que pode ser porque desde quando conheci Gia, eu não gostei muito dela por achá-la muito egoísta. Isso se confirmou pelo menos até metade do livro. Ela só pensa nela mesma, tirando quando é algo que envolve o bem-estar de Beppe. Precisa de algo acontecer pra ela acordar pra vida e quando isso acontece, conhecemos a verdadeira Gia por trás da máscara fria que ela se colocava.

Já Beppe, eu o adoro desde o primeiro livro e isso só faz crescer conforme fui conhecendo toda a sua história por trás da máscara de cara galinha bem humorado. Ele passou por muita coisa e focou muito do lado bom da vida para superar. É bonito de ver, antes de todo o drama amoroso, a amizade que ele tem com Gia e Max. Eles se conhecem demais e sabem como se ajudar quando é preciso.

Temos também os outros personagens que nos apegamos em Num Piscar de Olhos, como Max, Stella e Lisa, prima de Stella e amiga de todos. Se você, assim como eu estava com saudades deles, dá pra matar um tiquinho, mas não esperem a aparição deles o tempo todo, pois isso não acontece. A história foca bastante em Gia e Beppe e não temos tantas interações com esses personagens que citei. Mas as que tem são incríveis. Tem uma cena que eles vão em um show de uma banda real famosa e é bem divertido. É também um dos momentos mais importantes para Gia e Beppe que quando vocês lerem vão entender.

No geral, eu gostei deste livro. O primeiro ainda é meu preferido, mas eu adoro histórias de amor entre melhores amigos. Então foi um prato cheio para mim rs. Temos uma reviravolta na história que me pegou de surpresa e deu adrenalina e ritmo diferente na trama. Eu gostei muito. Gianna me conquistou mesmo que da metade do livro pro final, mas ela se redimiu bem rs. Achei o final um pouco corrido demais, mas nada que interferiu minha opinião sobre o livro.

Eu já quero muuuito a história de Lisa e Gino. Não vou entrar em detalhes aqui mas temos introdução desta história nos dois livros da série. Tem uma pequena cena deles neste livro que eu fiquei desesperada por mais. Estou bem ansiosa para saber o que será desses dois. Vou ficando por aqui, mas recomendando muito esta série. Em Antes, Agora e Sempre aprendemos o quão importante é confiar em quem se ama e seguir seu coração, por mais difícil que possa parecer. Nosso casal tem muitos obstáculos em seu caminho, mas juntos eles conseguem superá-los. Vou deixar minhas 4 Angélicas. CLASSIFICAÇÃO 4 ANGÉLICAS

10 comentários em “Resenha: ‘Antes, Agora e Sempre – Teodora Kostova’

  1. Oii! Que interessante a Dinâmica dessa história. Inicialmente fiquei confuso pensando que o primeiro livro era “Antes”, o segundo “Agora” e assim por diante. Mas depois me situei. Achei bem interessante essa divisão para o desenvolvimento. Achei um tantinho daqueles clichês do garoto bad boy e dos amigos que se apaixonam, mas parece uma boa história.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    http://www.blogvidaeletras.blogspot.com
    Instagram: http://instagram.com/vidaeletras

    Curtir

  2. Oi! Não conhecia o livro, mas histórias de melhores amigos são boas mesmo, concordo. Pareceu-me bem divido, já que são três partes. Finais corridos não é que seja ruim, mas sempre queremos que seja mais normal para aproveitarmos mais rs. Lendo a resenha só não me apeguei muito aos personagens, mas pode ser só impressão.

    Beijos 🙂
    https://livrosefeminices.blogspot.com.br

    Curtir

  3. Olá, tudo bem?

    Esse livro parece ser daqueles cheios, que tem muito pano para manga e que vai nos permitir sentir muita emoção. O livro parece ter temas bem fortes, o que ele passou durante sua vida não foi algo fácil e com certeza é algo que magoa e causa trauma para uma vida. Ainda não conhecia os livros, mas depois dessa resenha, sinto que preciso dos dois volumes. Parabéns pela resenha!

    Beijos!

    Curtir

  4. Achei a capa desse livro linda. E também gosto de histórias com melhores amigos apaixonados! Quem sabe maisnpre frente eu não leia essa história também, né?!
    Amei as fotos. Beijos.

    Curtir

  5. Nossa, a trama é repleta de reviravoltas! Não conheço a autora e nem tinha ouvido falar sobre a série. Mas os comentários, sobretudo sobre a reviravolta e o que leva Gia a escolher entre Beppe ou Francesco, são o ponto alto da resenha e acabam deixando a gente curioso… 🙂

    Curtir

  6. Ainda não conhecia a história, mais fiquei bem curiosa pra saber mais.
    Não gosto muito de livros que se dividem em três partes mais esse eu achei muito interessante. Já na minha lista de leitura. Beijos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s