Resenha ‘Amor em Manhattan – Sarah Morgan’

Oi ooooi gente! Hoje eu trago a resenha de um romance chick- lit. Chick lit é um gênero de ficção feminina, que aborda temas das mulheres moderna. São livros leves, divertidos, que tem um certo charme e trata muito da relação da protagonista não só com o par romântico, mas com a família e amigos. Amor em Manhattan nos foi enviado pela nossa parceira, Harlequin. E eu me apaixonei de cara pela capa. Mas, antes de falar se me apaixonei também pelo conteúdo, vamos a sinopse…

Um romance brilhante sobre três amigas que decidem abraçar a vida – e o amor – em Nova York. Calma, competente e organizada, Paige Walker adora um desafio. Depois de passar a infância em hospitais, ela quer mais do que tudo provar seu valor – e que lugar pode ser melhor para começar sua grande aventura do que Nova York? Mas quando ela perde seu emprego dos sonhos, Paige vai descobrir que o maior desafio será ser sua própria chefe! Só que abrir sua própria empresa de organização de eventos e concierge não é nada comparado a esconder sua paixonite por Jake Romano, o melhor amigo do seu irmão e o solteiro mais cobiçado de Manhattan. Mas quando Jake faz uma excelente proposta para a empresa de Paige, a química entre eles acaba se tornando incontrolável. Será que é possível convencer o homem que não confia em ninguém a apostar em um felizes para sempre? O primeiro livro da série para “Nova York, com amor” traz um enredo empolgante e divertido, com personagens superando situações inusitadas em busca do seu final feliz.

Nossa história começa com Paige e sua amigas, Frankie e Eva super animadas. Elas acreditam que Paige será promovida no trabalho. Depois de anos se dedicando a Estrela Eventos, agora chegou a hora dela avançar de cargo e se livrar da chefe insuportável. As três amigas já estão até planejando as comemorações que irão fazer, Paige comprou um batom novo e tudo mais. O problema é que, quando chamada a sala de sua chefe, Paige, na verdade, é demitida. Assim como suas duas amigas.

Enquanto isso, Matt, irmão de Paige lê a notícia que a Estrela Eventos demitiu grande parte dos funcionários e, devido a irmã não atender o telefone, já imagina o que aconteceu. Sem saber como lidar sozinho com três mulheres sofrendo, ele decide chamar Jake, seu melhor amigo, para ter ajuda. Só que Jake e Paige não se dão muito bem. Ele vive implicando com ela, ela ainda guarda mágoas de quando ele a rejeitou quando ela era adolescente. O fato é que eles perderam toda a amizade que tinham anos atrás e, hoje, se toleram mais por causa de Matt.

375.JPG

Enquanto os cinco amigos estão reunidos, as meninas sofrendo pensando em aluguel – mesmo que morem no prédio que Matt reconstruiu – um futuro e no fato de que não irão mais trabalhar juntas, Jake incentiva a idade que irá mudar a vida delas. Há anos Paige sonha em abrir sua própria empresa, mas ainda tem medo e acredita que precisa de mais experiência.

[…] – Precisa relaxar. Você é muito controladora. Planeja sua vida passo a passo, mas às vezes precisa deixar ela acontecer por si própria. Toda mudança preocupa e dá medo, mas você precisa superar isso. Assuma os riscos. Eles podem ser divertidos.

Depois dos pontos apontados por Jake, como o fato de Paige ser uma ótima organizadora, ser dedicada, ser muito bom no que faz e até mesmo bastante controladora, ela começa a pensar mesmo na ideia de abrir sua empresa, junto com suas amigas. Mesmo que o toque de medo que o novo negócio não dê certo esteja ali, ainda mais com a proteção em excesso de seu irmão, as três amigas decidem abrir a ‘Gênio Urbano’ e enfrentar o que tiver que vir pela frente.

Claro que o começo não são flores, é bem difícil ter mesmo um cliente. Mas, tudo irá mudar quando Jake decidir contratá-las para fazer um evento de sua própria empresa. Esse será o ponto que irá alavancar as coisas para elas. E que também, irá despertar, ainda mais, sentimentos do passado.

Quando Paige acompanha Jake a um coquetal no mesmo local onde será o evento dele, um clima surge, quando ambos ficam presos no elevador. Jake cede ao desejo de todos esses anos e Paige realiza a fantasia de beijar seu primeiro amor. Só que quando resgatados, Jake não age como Paige esperava.

– […] Vê se dorme e tenha sonhos safados.
– Acho que você quis dizer “bons sonhos”.
– Não. Esses daí são chatos. Os safados são bem melhores.

Mas, ela abstrai essa frustração e, junto com Eva e Frankie, fazer um evento maravilhoso para a empresa de Jake. E, com isso, conquistam muitos contatos, indicações e muitos trabalhos. E vai ser depois desse evento, que Paige vai mostrar para Jake que ela pode ter um caso apenas casual.

Eles começam um relacionamento sem nome, apenas um curtindo o outro. E, apesar de suas melhores amigas saberem o que esta acontecendo, Paige pede que Jake não conte a Matt sobre isso. Ela sabe que em algum momento irá acabar e não quer o irmão se intrometendo nesse assunto. Só que o tempo vai passando e eles continuam passando cada vez mais tempos juntos. E enquanto a Gênio Urbano vai crescendo, seu relacionamento com Jake vai evoluindo e Paige percebe que ainda nutre todo o sentimento de quando era mais nova.

376.JPG

A questão é como Jake irá reagir quando souber que esse sentimento nunca passou. Jake, que tem trauma do amor, após ser abandonado quando criança, que coleciona casos amorosos, que prometeu ao melhor amigo nunca se envolver com sua irmã. Jake será capaz de colocar Paige de lado novamente? Será capaz de negar todo o sentimento que existe entre eles?

– […] Magoar-se faz parte da vida. Não é possível viver por inteiro sem se magoar em algum momento. A gente tem que viver com coragem.

Preciso dizer que além da capa, eu amei o livro todo! A Paige é uma protagonista cativante e muito fácil de gostar. Eu me identifiquei tanto com ela. Ela é sonhadora, ao mesmo tempo que é pé no chão. Ela tem todos os seus controles no trabalho, mas curte maratona de filmes românticos com as melhores amigas e se entupir de sorvete quando esta na fossa. O sonho dela de montar uma empresa de eventos foi o nosso ponto mais em comum. Paige é uma mulher que luta pela sua independência, ainda mais por ter passada muito tempo no hospital durante a infância e a adolescência e, por isso, ser extremamente protegida pelos pais e pelo irmão.

Jake é um mocinho que também é fácil de gostar. A gente logo entende o lado dele, que apesar de tudo o que ele sente pela Paige, ele quer manter a palavra que deu a Matt tantos anos antes e ainda não superou o seu trauma de infância. Mesmo sendo um verdeiro Don Juan, ele é amigo das três personagens femininas da história, ainda que implique muito com Paige. Nutre um carinho e amor enorme por sua mãe adotiva. E, mesmo que a nossa mocinha não queira, ele dará um jeito de sempre protegê-la.

Mas, esse livro não é feito só pelos protagonistas. Os secundários também são capazes de roubar nosso coração e nos deixar doidos para acompanhar suas próprias aventuras. Temos Matt, o irmão protetor, que não quer mais que sua irmãzinha sofre e que tem dificuldades com o fato de que ela quer e precisa se virar sozinha. É um arquiteto de sucesso, que reconstruiu o prédio onde mora, assim como as três personagens femininas.

– Talvez seja a hora de Paige viver a própria vida e cometer os próprios erros. Em vez de ficar tentando segurá-la antes que caia, você poderia deixá-la cair e então ajudá-la a se levantar.

As melhores amigas de Paige, são presente no livro. Eva é a mais sonhadora. Ela tem um lado meigo, que acredita que no amor e em finais felizes e está a esperava de seu momento. Ela rende muitos momentos engraçados, principalmente, nos momentos de falar sobre o caso da amiga. Já Frankie, é a mais cética das três. Devido aos problemas de relacionamento da mãe, ela não acredita muito em amor e é bem prática. Acaba sendo a que puxa as outras para a realidade e tem uma sinceridade drástica. Mas, Paige, Eva e Frankie se completam de uma forma incrível. É o tipo de amizade que a gente lê e gostaria de ter.

Eu nunca tinha lido nada da Sarah, então foi uma grata surpresa. Ela tem uma escrita leve, fluída e que te faz viajar. A autora trás uma narrativa em terceira pessoa, que faz com que a gente se conecte mais com os personagens. Seus medos, anseios, felicidades e amores. Claro que, como em um bom chick-lit, a história fala de amor, amizade e realização pessoal. Com doses de reflexão e risada garantida. Se você está precisando de um livro leve, com certeza, Amor em Manhattan é uma ótima pedida.

377.JPG

Como a sinopse diz, esse é o primeiro livro da série ‘Nova York, com amor’. Os próximos livros são de Frankie e Eva. Existem mais, que acredito ser de personagens que ainda serão introduzidos. Só posso dizer, que já estou ansiosa, ainda mais depois de ter dado uma lida nas sinopses. Por favor, Harlequin, não demore a nos trazer as outras histórias.

– O amor é um presente, Jake. O mais importante e valioso que existe. Você não pode comprar, fabricar sob demanda, ligar e desligar. Deve ser dado gratuitamente e é isso o que o torna tão precioso. É isso que estou oferecendo para você.

Quanto a diagramação, eu prefiro a nossa capa, do que a estrangeira. O trabalho da editora é simples, mas muito caprichoso. Temos as páginas amareladas, letras e espaçamento muito bom, nenhum erro na revisão. Ah, e as aberturas dos capítulos trazem alguns ditados de Paige, Eva ou Frankie.

Com certeza, darei cinco Angélica para Amor em Manhattan, porque o livro encheu meu coração de amor. E eu fico esperando pela próxima história da Sarah, enquanto sonho com a cidade onde tudo se passa. CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

17 comentários em “Resenha ‘Amor em Manhattan – Sarah Morgan’

  1. Que legal!Muito interessante.É preciso ter muita coragem para enfrentar nossos medos e lutar com determinação.Uma boa dica para quem quer viajar no mundo da leitura.Pretendo ler este livro.Grata por compartilhar

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Vilma! Sim, precisamos de coragem mesmo e desejo de lutar pela realização dos nossos sonhos. Acredito que o livro incentiva muito isso! Tomara que goste.

      Curtir

  2. Acho que nunca li livros do gênero Chick lit, amei o estilo de leitura desse gênero.
    A capa desse livro é linda e você tirou fotos maravilhosas, amei. Não conhecia o livro, mas pela resenha fiquei curiosa para ler, afinal, um livro onde não só os protagonistas, mas até os secundários também são capazes de roubar nosso coração e nos deixar doidos para acompanhar suas próprias aventuras, significa que a autora conseguiu escrever espetacularmente. Beijos

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Talyta. Ai que comentário amorzinho. Obrigada pelos elogios. Se nunca leu o gênero, recomendo começar por esse. Acredito que você vai gostar sim.

      Curtir

  3. Eu tenho tomado um ranço de livros que são classificados como Chick lit. Nesse caso achei que a história deve ser legal, mas acho essa nomenclatura tão machista que só penso nisso enquanto leio.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Analu. Talvez você até tenha lido, mas não saiba que recebe essa classificação. Muita gente os chama de romances também, mas é um pouco diferente
      Por exemplo, se você ler Carina Rissi, leu o gênero rs. Beijos

      Curtir

  4. Acredito que devo ter lido pouquissimos Chick lit na vida sabe? Mas pela sinopse me aparenta ser um bom livro sabe? História com amigas sempre me chama atenção pois enquanto vou lendo vou tentando identificar minhas amigas e acabo me aprofundando de verdade na historia….nao se esqueça dd trazer mais resenhas pra gente❤

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Bia! Ai, eu também amo livros que tragam um bom grupo de amigas. Assim como você, fico procurando características que lembrem minhas amigas e eu. Sempre trarei resenhas! ❤

      Curtir

  5. Que resenha maravilhosa. Me convenceu a comprar o livro nas primeiras linhas kkk. Faz a historia parecer fascinante e mal posso espera o meu chagar para ler. Parabéns.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s