Resenha ‘Apenas com Você – Aline Sant’Ana’

Oi ooooi gente! Hoje eu trouxe a resenha de mais um livro da série Viajando com Rockstars. Já tivemos a história de Carter, o vocalista; Zane, o guitarrista; e chegou a hora de Yan, o baterista. Dessa vez, é imprescindível que a leitura dos livro anteriores tenha sido feita, porque todas os atos que Yan e Lua tiveram nos livros anteriores, que culminaram no livro deles. Sem mais delongas, vamos a sinopse…

Com um terno Armani bem passado, a agenda planejada e uma personalidade intimidadora, Yan Sanders parece tudo, menos o baterista de uma banda de rock. No entanto, quando sobe no palco, ele se torna aquilo que nasceu para ser: um músico de sucesso. Sua vida estava perfeita até pouco tempo atrás, quando a carreira estava em uma crescente, os amigos, felizes e ele tinha uma namorada incrível ao seu lado. Mas, então, ela partiu. Lua Anderson tinha seus motivos e sabe que tomou a decisão certa. Ela precisava reorganizar sua vida. Mas as coisas não são preto no branco. Sentimentos ainda existem. Segredos precisam ser revelados. E há muito mais além daquilo que os olhos podem ver. O terceiro livro da série Viajando com Rockstars tempera o drama, traz uma gota de suspense e apimenta o amor com erotismo. Você está preparado para conhecer a luz e a sombra do amor?

Quero começar dizendo que vou evitar o máximo de spoiler possível e também não me estenderei muito sobre a história em si, porque o bom desse livro é ir descobrindo as coisas conforme elas se desenrolam. Costumo colocar esse tipo de aviso mais para frente, mas é para vocês poderem ler sem medo.

485.JPG

Conhecemos Yan lá no livro do Carter e ficamos sabendo que ele e Lua se tornam um casal, mas um casal que não ficamos sabendo muita coisa sobre. Quando o livro de Zane chegou, eles já tinham um certo tempo de relacionamento, mas não íamos ver muito mais deles. Além deles estarem passando por problemas, Yan embarcaria numa turnê de 11 noites pela Europa, que Lua não poderia acompanhar. O que acabou por estremecer mais ainda o casal.

Durante esse período, uma suposta foto de Lua beijando um cara vaza na imprensa e Yan, numa atitude impensada e sem sequer parar para conversar, acaba beijando outras e as fotos também saem na imprensa. O problema? A foto de Lua foi um ângulo ruim, já a do baterista, foi real e destruiu seu relacionamento de vez e acabou acarretando uma série de acontecimentos que ainda iriam ferir algumas pessoas pelo caminho. Quando o homem chega a Miami, descobre que sua amada namorada arrumou as coisas e foi embora, deixando um bilhete, onde deixava claro que descobriu a intenção dele de pedi-la em casamento.

Às vezes, você não consegue encontrar forças para viver, mas existe algo, uma coisa ou duas, que te mantém na corda, mesmo que bamba.

Yan ainda está a procura de Lua, está focado em tirar o vídeo manipulado que também acabou indo ao ar e, ainda precisa enfrentar o pai de sua ex namorada, que não gosta nada dele. Ele tem que encarar os fantasmas que o cercam, além de auxiliar a entrada de Shane na The M’s. Vai ser após mais uma tentativa de encontrar a sua amada e uma discussão com o pai da mesma, que o baterista vai cruzar seu caminho com uma pessoa que promete lhe dar informações, em troca de algo simples: conhecer toda a banda.

Enquanto isso, Lua está se preparando para voltar para Miami. Para enfrentar todos os boatos, todos os seus sentimentos e para voltar a ficar na mesma cidade que seu grande amor. Além disso, vamos aos poucos entendendo o motivo da mulher ter tomado a decisão de se afastar da cidade, o que ela passou nesse tempo afastada e até mesmo a profundidade de sua amizade e tamanha defesa em relação a Erin.

486.JPG

Durante o livro, vamos acompanhar o reencontro desse casal, acompanhar eles retomando os laços de amizade e ver que o amor ainda continua ali, presente e forte. Que a amizade entre essas pessoas é gigantesca e que eles são capazes de tudo para se proteger. Além disso, vamos ver que, às vezes, existem mãos que mexem no destino das pessoas, com desejos escuros.

– Às vezes, precisamos passar por certas provações para que o amor valha a pena.

Deu pra ver que não quero falar muito, não é? Sinceramente, esse é o livro que mais precisa ser sentido e vivido. Mas, quero falar do geral e de como me senti durante a leitura. Então, vamos lá! Yan é o nosso Gigante. O nosso menino lindo e metódico está passando por um momento super difícil, arrependido de ter agido sem pensar pela primeira vez, sentindo falta da mulher que ama e passando por todos os boatos possíveis. Além disso, o nosso Sanders vai começar a entender onde ele acabou errando nesse relacionamento e perceber que o que eles podem ter é algo único, nunca comparado a outro relacionamento e sendo mágico de qualquer maneira.

487.JPG

Já Lua, nós iremos conhecer muito mais. Até então, não conhecíamos tanto da melhor amiga de Erin e até muitas pessoas, não tinham um grande carinho por ela, devido a acontecimentos do primeiro livro da série. Mas, chegou a hora de conhecer Lua Anderson. Ver o que ela é capaz de fazer por amor, quanta força ela tem, o quanto ela sofre calada, na intenção de proteger aqueles por quem ela tem apreço. Lua é enorme! Diversas vezes, senti vontade de sentar e abraça-la, de dar todo carinho e proteção do mundo. É inegável que podemos compreender todas as suas atitudes e torcer para que ela supere todos os problemas que vão surgindo em seu caminho. Além de também compreender e admitir onde errou em seu relacionamento.

O livro em si, já é o que mais tem carga dramática de toda a série e isso envolve muito o casal. Não é só sobre se eles irão voltar a ficar juntos, afinal, os dois já admitiram erros, mas precisam aprender a consertar e achar o caminho de volta um para o outro, de forma madura, com mais cumplicidade e ligação. Sem querer e projetar coisas no relacionamento, que não combinem com quem são como casal, mas como pessoas individuais.

O amor, pelo visto, nunca morre. Ele só se esconde quando ameaçado.

Claro que temos os outros personagens maravilhosos que já conhecemos e amamos. Eles estão presentes em momentos emocionantes e também nos de alívio cômico. Preciso destacar a importância de Shane D’Auvray nessa história. Ele vai ser responsável por ajudar alguns pontos que vão surgir durante o livro, como também é o pupilo de Yan, tendo momentos super queridos com Lua e se jogar na linha de frente pelos amigos. Com isso, dá para imaginar que a ansiedade para o livro do novo integrante da banda fica beeem alta.

Ainda teremos lindos momentos envolvendo Kizzie, Roxy e Erin, além de Carter e Zane. Todos vão nos fazer sorrir e até mesmo chorar, em algum momento. Preciso dizer que vou dar um destaque aos meninos. Ambos tem aquele momento de tirar risadas, até porque Carter tem uma vibe toda calma, enquanto Zane é uma tempestade, mas sempre estão juntos. Mas, quando eles resolvem nos emocionar… a gente tenta segurar o choro. Os dois terão momentos com Lua que vamos pensar em colocá-los em potinhos e guardar para sempre.

484.JPG

Preciso falar sobre a escrita da Aline. É inegável que não só eu, mas as outras meninas do Além somos fãs dela, que é uma pessoa super querida. Mas não é só simpatia. A autora só faz crescer a cada livro da série que passa. Ela deixa bem claro as personalidade e peculiaridades de cada um, além de ter cuidado com o que vai retratar. Nesse livro, em particular, ela deixa clara a pesquisa cuidadosa que foi necessária para o livro criar, além de nos levar mesmo, para viajar junto com esses personagens. Eu achava que ela já tinha criado a mais emocionante cena, até que chega esse livro e vem mais uma cena que tira até nosso ar. Além daquelas frases tão lindas, que faço questão de marcar. Como costume, a narrativa do livro é feita em primeira pessoa, alternando narrativas entre Lua e Yan. Só que, dessa vez, a autora ainda trouxe mais duas pessoas narrando algumas partes, para nos mostrar todos os lados que cercam esse casal.

– O importante é não esquecer. O importante é encontrar um motivo para ele ter te escolhido. Afinal, de todas as pessoas, é apenas com você que ele deseja estar.

Sobre a diagramação do livro, está aquele arraso que os livros da Charme sempre trazem e a gente sempre elogia. Começando com a capa maravilhosa, retratando Yan e toda sua imponência e tatuagens. A cada capítulo, temos o mesmo como fundo, além daquele trecho de música já tradicional, que se encaixa e completa a trama, as pequenas divisões dentro dos capítulos são feitas com uma bateria. As letras e o espaçamento são bons e as páginas amareladas. E, quem comprou o livro em pré venda, ainda ganhou um pequeno display do Yan, super lindinho!

Aline nos presenteia mais uma vez. Uma história de amor, com todos os seus lados, emoções, verdades, aprendizados e sacrifícios. Uma história que vai nos deixar com lágrimas nos olhos em umas partes, com um grande sorriso em outras, despertar nosso senso de proteção e nos deixar ainda mais apaixonados por essa turma. Além de super ansiosos para a segunda parte da história de amor de YaLu.

Apenas com Você nos mostra que podemos errar, até mesmo quando só queremos acertar e que isso nos trás amadurecimento; que o amor verdadeiro, sempre vai achar o caminho de volta um para o outro. O livro leva as cinco Angélicas.

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

 

 

 

9 comentários em “Resenha ‘Apenas com Você – Aline Sant’Ana’

  1. Não conhecia essa série, então foi muito bom finalmente ser apresentada à uma série focada em uma BANDA, nossa! vocês tem resenha do primeiro livro aqui no blog?

    Curtir

  2. Oi Raíssa, tudo bem?

    Sempre vejo muitos elogios a escrita da Aline, mas ainda não li nada dela. Adorei saber que este é o livro da série que tem mais carga dramática, pois costumo gostar bastante de obras com este toque. A história dos dois parece ser bem intensa, principalmente pelos erros que eles vão cometendo durante o percalço de suas vidas. Fotos de traição realmente magoam e imagino como deve ter abaldo eles.
    Quero saber o que ela fez durante o tempo que ficou fora, e tudo que os ronda. Dica de série anotada, espero poder ler em breve! Adorei sua resenha, parabéns!

    beijos!

    Curtir

  3. Olá
    Não sou muito fã de romances, mas acho bem legal usar o mundo da música como plano de fundo e esses mal entendidos sobre a foto também é algo que me chamou a atenção, vou dar uma olhada nos outros livros

    Curtir

  4. Ai Raí, socorro!!!
    Conforme fui lendo a resenha quis pontuar um monte de coisa e percebi que se eu for falar tudo mesmo, vou fazer outra resenha kkkk

    Mas preciso dizer sobre umas coisas sobre esse casal incrível: Yan me deixou tão orgulhosa dele que chega a doeeer!!! O crescimento dele como pessoa e como namorado é muito nítido e isso fez meu peito inchar de amor e carinho por ele. Já a Lua, nossa, cada pedaço que ela me dava durante a leitura sobre tudo que aconteceu com ela, era um tapa na cara do ranço que eu tinha por ela por causa dos outros livros. Eu só queria ter 1/3 da força que essa mulher tem.
    Apenas com Você me tirou do chão e me fez chorar e rir e chorar e sorrir e chorar rsrs. A Ansiedade está a mil pro próximo livro!!!!

    P.S.: SHANE MEU AMOR CHEGA LOGO QUE EU JÁ TE QUERO!!!!

    Sem mais kkkkk,
    https://almde50tons.wordpress.com/

    Curtir

  5. Romances em forma de trilogia são sempre muito bom! Não conhecia esta, mas me pareceu muito bacana pelos comentários fritos por você na sua resenha. Intrigas são um ingrediente e tanto na elaboração de um romance.
    Parabéns pelo post!

    Curtir

  6. Que história emocionante. Senti como se fosse uma história real. Tenho uma tremenda dificuldade com trilogias e séries, mas quem sabe futuramente eu leia essa história. Anotada a dica.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s