Crítica da Série: ‘Elite – 1ª Temporada’ 

Oioiii gente. Hoje eu estou aqui para falar de uma série bem curta mas cheia de mistérios e emoção. Elite é uma série espanhola, original Netflix  com produção executiva da Zeta Audiovisual (Ahora o Nunca, Paixão Sem Limites, Sou Louco por Você), que mal teve sua estréia e já mexeu com muita gente. Uns amaram, outros nem tanto. Antes de saber em que categoria eu me encontro, espia a sinopse e trailer.

“Depois de um problema na escola que frequentam, três alunos do ensino público são transferidos para a Las Encinas, a melhor e mais exclusiva escola na Espanha, onde os filhos da elite estudam. O choque entre os menos favorecidos e aqueles que têm tudo culmina em um assassinato. Agora resta saber: quem está por trás do crime?”

Las Encinas é o colégio mais renomado da Espanha. Lá só estuda os filhos da elite, onde a grande maioria se sente os donos do mundo. Então vocês podem imaginar que as coisas não serão muito fáceis para Samuel (Itzan Escamilla), Nádia (Mina El Hammani) e Christian (Miguel Herrán) que são escolhidos entre todos os alunos de uma escola pública que acabou desabando, para entrarem nessa famosa escola.

Logo de início a presença deles já começa a interferir no convívio de todos os alunos de Las Encinas. Eles são vistos como intrusos e que não merecem estar ali. Marina (María Pedraza), Guzman (Miguel Bernardeau), Lucrecia (Danna Paola), Clara (Ester Expósito), Polo (Álvaro Rico), e Ander (Arón Piper) são o elenco de ‘elite’ que vão ter uma relação direta com os novatos, e seu mundo que tem uma realidade diferente se for falar sobre classe social , mas não tão diferente se falarmos sobre caráter. Existem pessoas más e boas independente de quanto poder elas detêm. Ao longo de toda a série, vemos como cada um dos três vão tendo um papel importante na vida dos alunos desta escola e como eles vão despertando todos os extintos e lados que eles sempre esconderam de todos.

Logo na sinopse já sabemos que houve um assassinato, mas não temos mais detalhes. No primeiro episódio, a primeira cena que nos deparamos é com Samuel sujo de sangue, em choque e tendo a polícia ao redor perguntando o que houve. Essa cena é bem rápida, nos dando apenas uma prévia do que está por vir. A partir daí, voltamos ao princípio de tudo, com Samuel, Nadia e Christian começando no novo colégio e vamos tendo todo o desenrolar para descobrirmos o que aconteceu.

Temos a história se desenrolando em duas linhas temporais, onde uma acontece com todas as pessoas suspeitas desse assassinato dando seu depoimento para a polícia, e outra nos mostrando tudo que se passou. É interessante demais acompanhar, pois é como se os suspeitos estivessem nos contando a história, o que não deixa de ser isso mesmo, afinal eles precisam contar tudo o que aconteceu para a polícia, tecnicamente rs

No final do primeiro episódio já descobrimos quem morre e eu fiquei chocada a princípio, mas depois faz muito sentido e até meio óbvio rs. A morte em si não é o mistério e sim quem cometeu o crime, mas mesmo assim não irei revelar aqui quem é rs. A série gira em torno dessa investigação e todos os motivos que acabou na morte dessa pessoa. No começo os principais suspeitos são os novatos, afinal a vítima é uma da ‘elite’, mas conforme os episódios vão passando, todas as pessoas desse colégio vão se tornando possíveis suspeitos, todos tendo algum motivo para ter cometido o crime. Mais um coisa que eu adorei. Você realmente fica confuso sobre quem poderia ser o assassino, não é algo óbvio de forma alguma e até o último momento eu não consegui deduzir quem poderia ser. Vocês podem imaginar como essa vítima desagradou várias pessoas né ? rs

Eu não vou falar muito mais da trama pois a temporada contêm apenas oito episódios de mais ou menos 50 min cada e posso acabar contando tudo rs. Vou falar então do que eu achei dos personagens.

Temos alguns clichês ao longo da história e a história e Guzman e Nadia começa com um bem grande rs. Lucrecia diz para Guzman seduzir Nadia para se vingar da arrogância e superioridade que eles acham que ela tem, e fica beeem óbvio que Guzman vai acabar se apaixonando por Nadia. É um dos meus casais preferidos. Outro casalzão mara fica por conta de Omar (Omar Ayuso), irmão de Nadia, e Ander, e vocês podem esperar as coisas pegando fogo entre eles.

Também tem dois triângulos amorosos e um eu adoro, outro nenhum pouco rs. O primeiro é composto por Carla, Polo e Christian, que mesmo não dando nada certo no final já que Polo acaba gostando além da conta de Christian, eles são divertidíssimos. Falando em Carla, ela é aquele personagem enigmática que vai aos poucos se mostrando a mais esperta ali. Ela cresceu no meu conceito e se tornou uma das minhas personagens preferidas. Já Christian não tem como não amar rs. Polo é um sonso, mas não se engane com ele.

O outro triângulo não tem nada de divertido e me irrita pra caramba. Marina, Samuel e Nano, irmão de Samuel, protagonizam esse triângulo que na verdade só é visto assim por parte de Samuel que gosta realmente de Marina. Já ela se engana o tempo todo quando é óbvio quem ela quer. Marina no começo me conquistou por se diferenciar dos outros do seu meio e por tudo que já passou, mas aos poucos vai perdendo meu afeto. Nano é totalmente o contrário, foi me ganhando aos poucos. Samuel acaba sendo um pouco sem sal mas vai ter uma importância muito grande no final de tudo.

Eu gostei muito dessa série mas houve momentos que me desagradaram. Um exemplo é quando Nano e Samuel se metem em uma confusão, e acabam tentando extorquir dinheiro de um empresário. Tudo o que envolve esse momento é tão artificial, que me incomodou. Parece criança quando está passando trote sabe? Achei bem mal trabalhado, principalmente quando desde o início as coisas ficam bem óbvias. Mas por causa deste episódio o motivo real do assassinato começa a se construir, então deu pra passar por isso sem ser algo desnecessário ou interferir na minha opinião final.

Eu espero ter conseguido passar tudo o que senti com essa série. São poucos episódios , mas que nos faz embarcar e muito nessa história. Nos tornamos um investigador também, analisando cada coisinha para tentar descobrir o autor do crime. É uma série envolvente que te prende com os romances proibidos, cenas calientes rs, intrigas, manipulações e amizades que vão além de simples companheirismos, que se defendem acima de tudo e todos e são capazes de trair quem menos se espera. Além disso, me senti envolvida por cada personagem, seja amando-os ou odiando-os. As motivações de todos é o dinheiro, seja para mudar de vida, ganhar mais poder ou sustentar um vício e Elite nos mostra as consequências disso.

O final me deixou desesperada. Eu preciso saber o que vai acontecer a partir do que foi aquela conclusão das investigações e do rumo da vida de cada um dos personagens. Ou seja, uma segunda temporada é mais que necessária e preciso dela pra ontem rs. Pra você que, assim como eu, está enlouquecido por mais de Elite, a Netflix já confirmou a segunda temporada. Amém! Já podemos todos respirar aliviados rs.

Uma grande referência que teve para mim e que me recordou muito, foi Gossip Girl, mas vi uma galera comparando também com How to Get Away With Murder e Riverdale,  então se você gostou dessas séries já é um ótimo motivo para começar a assistir agora. No início lembrou Rebelde, mas as semelhanças começam e terminam no uniforme e por ser um publico teen. Que na verdade de ‘teen‘ é só no que diz respeito ao colégio, pois a série em si é bem adulta, então cuidado com crianças na sala. A classificação é de 18 anos e durante a história é super justificado.

Quer mais um motivo para correr assistir Elite ? Os atores María Pedraza, Miguel Herrán e Jaime Lorente arrasaram nessa primeira temporada, mas não é a primeira vez que vemos seus rostinhos por aí. Os três estão no elenco da amada série La Casa de Papel, que é um sucesso e continua conquistando corações. Bem legal né ?!

Vou ficando por aqui, na esperança de estar voltando logo para falar da segunda temporada, que espero não demorar para estrear. Deixem aqui nos comentários se vocês já assistiram ou pensam em assistir Elite. Gostaram? Quais seus personagens preferidos? Desconfiava de quem era o assassino? Se conformou com aquele final??? Me contem tuuuuudo!

9 comentários em “Crítica da Série: ‘Elite – 1ª Temporada’ 

  1. Oi Leti!
    Eu sou da turma que amou a série também. E concordo com vc! É cheia de clichês e referências a outras séries, mas acho que cumpre o papel de passar uma ótima reflexão para o público, ainda que traga as falhas. Também me incomodei com o ponto que vc citou em relação aos irmãos Samuel e Nano, achei bem fraco aquele momento, mas de modo geral gostei muito da série, me senti tocado com aquele final. É a representação perfeita da expressão que diz que “a corda sempre parte do lado mais fraco”.

    Diego França |
    ~ Blog Vida & Letras ~
    http://www.vidaeletras.com.br

    Curtir

  2. Que interessante, bom saber que apesar da presença de personagens adolescentes a série tem uma história adulta e cheia de mistérios. Imaginei que pudesse ser parecida com Rebelde e me desinteressei, mas vou dar uma chance pra essa produção.

    Curtir

  3. Essa série está dando o que falar, particularmente estou gostando bem mais da Sabrina, talvez porque no ultimo ano acompanhe muita série que tem praticamente o meu enredo do Elite, fiquei um pouco saturada;

    Curtir

  4. Olá, boa noite!
    Eu não conheço essa série, pra falar a verdade é muito raro eu assistir a alguma.
    A sua resenha crítica me deixou bem curiosa, bastante interessante!

    Curtir

  5. Olá!
    Comecei a uns dias a assisti essa série, mais parei nos últimos minutos do primeiro episodio, pretendo dar continuidade, mas meus amigos que assistem ou já assistiram, uns não gostaram, fiquei bem curiosa para ver o final.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s