A Hora do Chá: ‘Romance de Época ou Romance Histórico?’

Oi gente!! A nossa amada coluna A Hora do Chá fez aniversário de 1 ano esse mês e além da matéria comemorativa, nós decidimos falar um pouco mais das varições desse gênero. Muitas editoras estão apostando bastante nos romances de época e a cada dia vemos mais autoras sendo publicadas por aqui. Muitas delas até já eram conhecidas por causa dos antigos romances de banca e agora se tornaram muito mais famosas com as publicações nas grandes editoras.

Falando de romance de banca e de como a cada dia temos mais romances de época sendo publicados, nós paramos para pensar sobre como as editoras estão adotando a nomenclatura Romance de Época para todos os romances anteriores ou do início do século XX. Sendo assim, nós vamos falar um pouquinho sobre o gênero e suas diferentes categorias.

Primeiramente podemos dizer que todos eles podem ser encaixados num mesmo gênero porque todos são romances, mas mesmo assim tem uma pequena diferença e ela começa a partir do momento que entendemos que além de todos serem romances, eles também são todos históricos. Então o correto seria Romance Histórico ou Romance de Época?

Romance Histórico são obras ambientadas em um período anterior a 1950 e que usam um determinado pano de fundo para descrever um romance. Os Romances Históricos podem ser divididos em diversos subgêneros, como: romance histórico, romance clássico, romance regencial, romance cultural, romance erótico, romance medieval ou romance de época.

“Pode-se dizer que os Romances Históricos nasceram em princípios do século XIX. Eles visavam resgatar os hábitos, a linguagem, as leis e as estruturas político-sociais, econômicas, culturais e religiosas de tempos passados. Assim, com esse objetivo, os autores mesclam figuras reais e ficcionais em uma trama geralmente imaginária.” (Fonte)

Exemplos de autores e livros considerados romances históricos:

  • Jane Austen: Razão e Sensibilidade; Orgulho e Preconceito; Mansfield Park; Emma; A Abadia de Northanger; Persuasão.
  • Margaret Mitchell: E O Vento Levou.
  • José de Alencar: O Guarani; Iracema; Senhora; A Guerra dos Mascates.
  • Bernardo GuimarãesO seminarista; A Escrava Isaura; Lendas e Romances; Histórias e Tradições da Província de Minas Gerais.
  • Diana Gabaldon: Série Outlander.

Porque decidimos trazer essa questão à tona? Basicamente nós passamos um ano inteirinho postando apenas livros que se encaixavam na subcategoria romance de época e evitando todas as outras subcategorias mesmo sem sabermos que estávamos fazendo isso. Mas agora que as próprias editoras passaram a chamar todas as subcategorias como romance de época, isso nos abre uma enorme variedade de novos livros para resenhar nesta coluna. Basicamente, nós vamos continuar a trazer os romances de época que já trazíamos, mas agora vamos diversificar trazendo romances medievais. Vou dar uma explicada básica na diferença entre eles e dar exemplos de autoras que escrevem dentro de cada subcategoria.

372

Romances de Época são romances que usam um determinado período histórico como pano de fundo, mas focam com veemência, no desenrolar do romance. Aqui o enfoque está nos costumes da época e em como isso influência e molda o romance dos protagonistas.

“Romance de Época além de não se importar com datas e nem fazer referências a fatos históricos importantes, ele se preocupa em mostrar como vivia e se comportava um povo em um determinado tempo. A maioria deles destaca a vida da sociedade londrina no período vitoriano, valorizando costumes como: moda, etiqueta social, passeios de charretes ou no campo, jantares, festas, teatros. A fragilidade da mulher, o casamento por conveniência, as amantes, a diferença entre as classes sociais, o valor de um título nobre, as intimidades sexuais entre os protagonistas são fatores importantes e estão sempre presentes nesses romances.” (Fonte)

Exemplos de autores e livros considerados romances de época:

52093915_1931005743675263_1181124957111844864_n

Romances Medievais são ficções narrativas que representam as aventuras e valores da aristocracia na Idade Média. Os enredos geralmente envolvem conflitos entre alianças feudais, resistência aos costumes (por mulheres) e o progresso ou fracasso de relacionamentos amorosos.

Exemplos de autores e livros considerados romances medievais:

  • Julie GarwoodUm amor para Lady Johanna; Esplendor da Honra; A Lady de Lyon.
  • Megan Maxwell: Série Guerreiras.
  • Maya Banks: Trilogia McCabe; Montgomery e Armstrong.
  • Karen Marie Moning: Highlanders.
  • Hannah Howell: Os Murrays.

53788201_1972405752868595_993161631867338752_n

Os Romances Medievais foram muito populares na época dos romances de banca e felizmente, eles estão voltando e sendo republicados. Nós aqui do Além realmente não estávamos misturando as subcategorias porque acreditávamos que eram gêneros diferentes, mas com essa pesquisa percebemos que todos fazem parte de um único gênero e assim pudemos nos aventuras em novas histórias. E o mais importante, essa coluna vai ficar mais rica e maravilhosa.

Fiquem atentos porque a partir de abril vamos diversificar mais essa coluna e fazer dela mais popular do que já é. A Hora do Chá fica por aqui, mas voltamos na próxima quinta-feira com uma nova série. Até lá ❤

7 comentários em “A Hora do Chá: ‘Romance de Época ou Romance Histórico?’

  1. Eu gosto dos dois, pois seus contextos parecem serem iguais, sendo que não é. Confesso que esses estilos me atraem pela beleza nas descrições.

    Curtir

  2. eu entendi mais ou menos a diferença entro todos, acho que sou meio ignorante quando o assunto é esse genero e pra mim meio que parece tudo a mesma coisa.
    Mas acho que, talvez, eu goste mais de romance histórico. Acho que o pano de fundo deles geralmente me atrai um pouco mais do que os outros, mas adorei o post, super informativo! ❤

    Curtir

  3. Aaaaaaaaaaaai, nossa coluninha linda e maravilhosa ampliando os horizontes. Acho mt legal essa matéria, pq se é fonte de discussão entre a gente, que entendemos um tiquinho do assunto, imagina pra quem não sabe nenhuma diferença, né?! Acho que incluir as outras modalidades e sub gêneros vai mesmo expandir a quantidade de histórias que vamos apresentar. E ai, amo nossas fotinhos! Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s