Cinco Motivos para Assistir: ‘The Rain’

Oi gente!! Finalmente a Netflix liberou a data de estreia da Segunda Temporada da série The Rain. A Primeira Temporada estreou em 2018 e logo foi confirmada a continuação, mas apenas há poucos dias tivemos uma data de estreia e um trailer. Dia 17 de maio a série volta e eu vim aqui apontar 5 bons motivos para assistir essa série e já ir se preparando para a continuação. Antes de mais nada, fiquem com a sinopse e trailer…

“Seis anos após um vírus brutal ter massacrado quase que toda a população da Escandinávia, dois irmãos dinamarqueses decidem sair da segurança de seu búnquer para verificar o que se passa do lado de fora de sua fortaleza. Em meio aos escombros, eles encontram um grupo de jovens sobreviventes e juntos irão até o fim para encontrar uma única esperança de uma vida melhor.”

The Rain é uma série dinamarquesa e também uma produção Original Netflix que tem a temática pós-apocalítica e que veio para provar que as produções estrangeiras do serviço de streaming estão cada vez melhores. Essa série apareceu depois de Dark (matéria em breve sobre ela) e assim como a série alemã, nos fez criar várias teorias e foi muito bem recebida. Ela estreou em maio de 2018 com apenas 8 episódios de cerca de 40 minutos e em cada um deles, o suspense só aumentava. Eu vou fazer um resumo breve para vocês entenderem qual é a temática de The Rain e logo depois vou desenvolver meus motivos para assistir. Espero convencer vocês a maratonar essa série nesse fim de semana rs Enfim, bora lá saber o que é The Rain e porque ela é tão boa.

The Rain se passa na Dinamarca e começamos com a fuga de uma família para um bunker subterrâneo. Logo depois disso, descobrimos que o pai dos irmãos Simone (Alba August) e Rasmus (Lucas Lynggaard Tønnesen) é um dos cientistas envolvido numa chuva ácida que dizimou praticamente toda a população escandinava. Eles acabam sendo testemunhas do que a chuva pode fazer, quando a mãe se sacrifica por eles. Após esse momento, eles selam o bunker e vemos os irmãos tentando sobreviver sozinhos. Depois de seis anos isolados do mundo, com quase nenhuma comida e sem saber o que vão encontrar lá fora, os irmãos decidem seguir o mapa de bunkers em busca de comida e de possíveis sobreviventes, mas não estavam preparados para ver no que a humanidade se tornou. Os irmãos logo encontram um grupo de jovens que também estão tentando sobreviver, mas nem todos são receptivos já que mais gente significa menos comida para cada um deles. Simone terá que provar ao grupo que eles são necessários ao mostrar o mapa de bunkers que eles podem encontrar e com isso ter comida e abrigo por um tempo. E assim começa a jornada desse grupo.

4b9fe05769c162125498bc18b44a1f0e

Eu não vou falar mais nada do enredo porque quero ir falando dentro dos motivos que escolhi para conquistar vocês. Bora lá saber quais os motivos e porque vale tanto a pena parar pra maratonar?

1 – Enredo Pós-Apocalítico

Séries que retratam uma sociedade pós-apocalítica sempre chamam minha atenção, pois algumas situações parecem bem reais e The Rain é uma delas. A grande vilã é uma chuva, que não é ácida como disse logo mais. A empresa Apollon foi a responsável por disseminar o vírus através da chuva. Todos que se molham nesta água acabam convulsionando até a morte e foi assim que a praticamente toda uma população foi dizimada, pois poucos conseguiram sobreviver mesmo após 6 anos da primeira e mais aterrorizante chuva. O medo de chuva é tão grande que os sobreviventes sempre buscam abrigo quando percebem que vai chover. O problema é que não sabemos o porque dessa empresa ter liberado esse vírus e nem como ele surgiu. Apenas o que sabemos é que de algum jeito tem a ver com Rasmus e assim partimos para o Motivo 2 .

03

2 – Mistérios

Por se tratar de uma trama pós-apocalítica é claro que teremos muitos mistérios sobre o porque de terem fabricado algo que poderia matar toda a população. E ainda tem vários mistérios envolvendo o pai de Simone e Rasmus. O próprio Rasmus é um mistério ambulante. Ele é um adolescente que praticamente não conhece nada do mundo. A sua primeira experiência em seis anos não foi muito positiva já que todos que restaram são capazes de qualquer coisa por comida, abrigo ou até mesmo por auto sobrevivência. Tanto ele quanto a irmã Simone são pessoas inocentes e ingenuas, pois enquanto o mundo estava um caos, eles cresciam secretamente em um bunker. Fora que ao decorrer dos episódios vamos tendo flashbacks de coisas que aconteceram à Rasmus antes da chuva e que tem muito a ver com a disseminação do vírus e que será mais desenvolvido na próxima temporada. De alguma forma, Rasmus é imune ao vírus e ao que tudo indica é o paciente zero desse experimento. Daí vem a pergunta: o pai foi capaz de contaminar conscientemente o próprio filho???

MV5BYTViODVjZmMtMzcyOC00MmJiLWIzMDQtMmEyYTFjMTJkZTU4XkEyXkFqcGdeQXVyODExNTExMTM@._V1_

3 – Cenário

Sempre que eu penso numa trama pós-apocalítica ou distópica, eu logo imagino aqueles cenários de caos e com imagens frias como se não tivesse mais vida naquele lugar e é exatamente assim que a produção de The Rain ambientou a série. A região já é fria e eles ainda usaram cores puxadas para o azul e cinza para deixar com aqueles ares de fim do mundo. Apesar de termos cenários lindos, onde mostra as florestas escandinavas, nós também temos o caos. Cidades inteiras devastadas e abandonadas. É o verdadeiro cenário de que o apocalipse chegou e que temos que correr para sobreviver.

the-rain-resenha-03

4 – Produção Estrangeira

Cada vez mais as produções estrangeiras, sejam independentes ou originais Netflix, tem conquistado o público, exemplo disso foi La Casa de Papel (série espanhola) e Dark (série alemã) que foram produzidas independentemente e distribuído mundialmente através do serviço de streaming. O interessante de ver uma produção fora do eixo EUA/Inglaterra é conhecer novos atores, novas regiões e idiomas. É possível assistir com o áudio original e ter contato com um idioma tão diferente do nosso. Além disso é visível que teve bastante trabalho para fazer uma produção de qualidade e que seria levada para o mundo. Tem bastante efeitos visuais como citei no Motivo 3 além de uma boa trilha sonora. Vale muito a pena conferir o que está sendo produzido nesses países, mais um exemplo de grande sucesso é a série que recentemente entrou no catálogo da Netflix: Areia Movediça (série sueca). Cada vez mais somos conquistados por novas série estrangeiras e The Rain é uma delas.

5 – Relacionamentos 

The Rain pode trazer um enredo distópico e que de seria o fim do mundo, mas mesmo assim não deixou de trabalhar a parte humana dos personagens. A maior prova disso é a determinação de Simone em manter Rasmus em segurança. Ela prometeu ao pai de que ninguém chegaria perto de Rasmus e que o protegeria de qualquer coisa e foi o que ela fez. Ela praticamente criou o irmão já que ele ainda era um menino quando foram para o esconderijo subterrâneo. Quando eles saem e se juntam ao grupo liderado por Martin (Mikkel Følsgaard), os irmãos passam a desenvolver novos relacionamentos como amizade e até mesmo amorosos. Simone claramente está interessada em Martin assim como Rasmus em Beatrice (Angela Bundalovic). E mesmo sabendo que o mundo pode ter chegado ao fim, a gente shippa que eles se envolvam amorosamente. Simone foi para Rasmus o que Martin é para o grupo. Ele claramente cuida e protege dessas outras pessoas que perderam tudo. Eles se tornam uma verdadeira família e inicialmente a entrada de Simone e Rasmus no grupo não é bem recebida por ele, pois seria novas bocas para alimentar. Mas logo Simone prova que pode ajudar o grupo inteiro e com isso vai quebrando as barreiras de Martin. Um amor no meio do apocalipse (hahahaha…eu falo de distopia, mas tenho que citar romance né?).

31531190_2071949179752756_8661754137475547136_n

A Segunda Temporada vai explorar mais os mistérios que envolvem Rasmus e também os motivos da Apollon ter liberado um vírus tão letal. E aí, o que acharam dos meus motivos? Eu espero ter convencido vocês a darem uma chance para The Rain. Quem se interessou corre para maratonar, pois a Netflix já liberou a data de estreia da nova temporada. Marca aí na agenda o dia 17 de maio. Vou deixar o trailer da Segunda Temporada e espero sinceramente ter convencido vocês. Até mais ❤

8 comentários em “Cinco Motivos para Assistir: ‘The Rain’

  1. Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
    Parece uma série top, mas… de todas as séries que vi, a única que acompanhei do início ao fim (acabei hoje) foi o The American Horror Story e só vi o primeiro episódio depois de pararem de falar sobre… Sou mais de filmes do que de séries. Digamos que é mais rápido. Sim, é esse o motivo. ahaahahahah
    Beijokitaz

    http://www.devaneiosdemissl.com

    Curtir

  2. menina, eu acabei de ficar orfã de série e vi essa dica aqui e já tô indo procurar, pelo amor de deus, preciso muito! Adorei essa dica!
    Eu gostei muito de Dark, tô ansiosa pela proxima temporada e essa também me pareceu muito boa! Adorei mesmo!

    Curtir

  3. Eu já vi essa série no catálogo da Netflix mas nunca me interessei em saber do que ela se trata. Lendo seu post, me despertou um leve interesse em assistir só pelo fato de ter mistérios hahaha 😂 #Amo. Adorei o post ❤

    Curtir

  4. Sempre deixo pra assisti depois e ate hoje não assisti. Adorei sua resenha e agora sim vou ver a primeira temporada, fiquei curiosa. Adoro séries.

    Curtir

  5. olá , super dica e os cincos motivo s são realmente convencedor .
    estava dando uma pause para estudar , inicio novamente com sua dica.

    Curtir

  6. Olha, super gostei da indicação. Acho que essas séries que tem saído de países escandinavos tem cada vez mais surpreendido. Estava em busca para algo pós Game Of Thrones e já achei. Obrigada pela dica.

    Curtir

  7. Olá, tudo bem?
    Eu já assisti essa série e adorei, é muito boa, gosto de ambientes distópicos/pós-apocalípticos e gostei dos cenários e personagens apresentados. Parabéns pela crítica!
    Abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s