Resenha: ‘Com os Olhos do Coração – Amie Knight’

Oi gente!! Essa é a matéria de estreia do perfil da Angélica aqui no blog e vai funcionar assim: sempre que tiver uma matéria coletiva, vamos escrever com o perfil dela. Hoje, estamos em dupla (Adriana e Anna) para apresentar o novo livro da Amie Knight no Brasil. Com Os Olhos do Coração chegou na Amazon em abril pela nossa parceira Cherish Books BR e a gente amou tanto o outro livro dela que corremos para ler. Além disso, nós somos as Cherish’s Angels do mês e a euforia só ficou maior. Antes de mais nada, confiram a sinopse…

“Ainsley entrou em minha vida trazendo uma enxurrada de cores vibrantes, iluminando meu mundo quando tudo parecia perdido. Não foram nossas noites tranquilas perto do riacho ou os beijos roubados em campos de algodão que me salvaram.
Foi ela. Ela foi meu refúgio quando a vida jogou uma tragédia atrás da outra nas minhas costas. Até que ela me deu o maior golpe.
Agora, o abandono, a traição e a morte obscurecem todos os cantos da minha vida. Raiva e mágoa ardem onde o amor e a confiança um dia viveram.
Mas agora ela está de volta. Claro, ela mudou, mas consigo ver seu interior – com os olhos do coração.”

20190508_151618

Ainsley e Lori são mais do que primas, elas são irmãs, já que Josi, mãe de Ainsley adotou Lori quando ela ainda era um bebê. A mãe da menina é dependente química e nunca quis cuidar dela, então Josi, com seu coração enorme, pegou Lori para ela. As meninas cresceram juntas e começamos o livro com Ainsley e Lori ainda crianças, 08 e 06 anos, respectivamente e é quando elas conhecem Adrian, um menino da idade de Ainsley que será vizinho delas. Eles logo se tornam inseparáveis, então a cada novo capítulo vamos acompanhando o crescimento deles.

Por Lori ser a mais nova entre eles, todos sempre tiveram um senso de proteção maior com ela. A ligação entre eles é enorme, mas Ainsley sempre gostou de Adrian. Quando Lori faz 13 anos, Adrian dá um presente especial para ela e é quando Ainsley descobre o sentimento do ciúme. Ela se sente culpada por estar se sentindo assim, mas ela é uma adolescente cheia de emoções e não consegue evitar sentir ciúmes. Ainsley seria capaz de abrir mão desse sentimento em favor de Lori, pois a prima já perdeu muito na vida.

Eles finalmente entram na adolescência e é quando as maiores mudanças vão acontecer, não só fisicamente, mas nos sentimentos de cada um. Ainsley e Adrian continuam muito próximos, mas Lori se afastou quase que completamente deles. Ela sempre foi uma menina carente, então quando entrou na adolescência, ela passa por uma fase autodestrutiva. Ainsley não sabe o que fazer para ajudar sua prima, mas sabe que não pode mais esconder de sua mãe o que Lori anda fazendo. Infelizmente elas acabam brigando e dizendo coisas que não deveriam.

“Vocês dois são as pessoas mais incríveis que conheço. É justo que acabem juntos. Não me entenda mal. Adrian é lindo, doce e gentil. Qualquer garota seria sortuda por tê-lo. Mas você, Ains, você o merece. Se está feliz, fico feliz também.”

Felizmente, o amor que as une é muito maior e elas acabam fazendo as pazes, mas Lori continua saindo com uma turminha do mal. Alguns anos se passam, as primas continuam unidas e finalmente nosso casal acontece. Ainsley e Adrian assumem o sentimento que sempre tiveram um pelo outro e começam a sonhar com um futuro juntos. Além do trio, temos Miranda, uma menina super extrovertida que sempre foi amiga de Ainsley. É ela quem acaba encontrando Lori após um incidente que mudaria a vida de todos para sempre.

E essa mudança é muito mais brusca para Ainsley que acaba fugindo de tudo e de todos e se muda para Nashville, para cursar Música, algo que ela sempre quis. Ela vai sem pensar duas vezes, não considerando totalmente que as pessoas que ela está abandonando estão sofrendo o mesmo que ela e pior, que precisam dela, pois não consegue lidar com as consequências do incidente. Ainsley para sua vida no meio do caminho pra fugir da dor que sente e além de não conseguir se livrar dessa dor, deixa um rastro de amargura pelo caminho.

“Vamos fingir que somos apenas um garoto e uma garota apaixonados. Que nossas vidas não foram dominadas pela tristeza e por um desgosto esmagadores. Que não estamos nadando em um pesar sem fim. Por favor, me dê isso. Um momento de beleza em meio a tudo que é feio.”

Quatro anos se passam e o destino, que nunca deixa linhas soltas, fornece para Ainsley uma oportunidade de tentar superar tudo o que aconteceu e enfrentar as consequências de uma partida tão brusca. Sentimentos serão colocados a prova e mesmo Ainsley levando tanto tempo pra achar o caminho de volta pra casa, ela vai precisar de muito mais que isso para encontrar o caminho que a leve de volta a antiga e verdadeira Ainsley. Como lutar contra o inevitável é sempre uma batalha perdida, Ainsley vai acabar contando com a ajuda, mesmo a princípio indiretamente, de alguém que ela menos esperava se reaproximar.

Ainsley precisou voltar, mas sabia que nada seria como antes. Seu maior desafio seria encarar Adrian novamente. E não foi nada fácil. Ele nunca superou. Mesmo tendo construído uma vida sem ela, Adrian nunca esqueceu que Ainsley o abandonou quando ele mais precisou. Felizmente, ele teve o apoio de Miranda. Ambos se apoiaram quando ninguém mais entendia a dor que eles sentiam. Se tornaram verdadeiros amigos fiéis e com isso foram colando os caquinhos de seus corações. Uma das amizades mais bonitas que já vimos. Além disso, os dois viraram ‘filhos’ para Josi. Sempre estavam por perto quando ela precisava já que Ainsley vivia em outra cidade.

O livro é curto e cheio de emoções, então vamos começar a descrever nossas impressões antes de soltar algum spoiler indesejado por aqui rs Só avisamos que muitas lágrimas podem surgir assim como muitas lições de vida e é isso que torna o livro tão bonito.

“Fiquei feliz em ter um vislumbre da minha antiga Ainsley, o que me deixou ainda mais puto comigo mesmo. Mas, Deus, ela era linda. Até com a maquiagem borrada, ainda me tirava o fôlego.”

Que trama linda e verdadeira é apresentada nesse livro. Nós amamos a forma que a autora nos inseriu dentro da vida dessa família e sentimos toda a dor que eles sentiram, o amor, a esperança e a amizade. E foi exercendo o ato de nos colocar no lugar do próximo que buscamos entender todas as ações de Ainsley depois do fatídico incidente. Só que mesmo assim nós não concordamos com muitas de suas decisões. Ainsley se torna alguém totalmente diferente do que era e sem iniciativa nenhuma. A última grande decisão que ela tomou sozinha foi a de ir embora anos atrás. Depois disso ela foi sempre influenciada por alguém em tudo o que fez e em cada decisão que tomou. Momentos em que a resposta deveria ter vindo de seu coração e não de algo externo. E isso nos irritou tanto!

Mas passando por cima disso, tentamos compreender tudo o que ela passou e toda a culpa que ela carregava e como isso a afetou de uma forma diferente, mesmo que as demais pessoas envolvidas sofram o mesmo que ela. A Ainsley sempre foi altruísta e sempre cuidou de todos ao seu redor, mas essa pessoa se perdeu para a dor e foi muito difícil acreditar que um dia ela voltaria a ser quem sempre foi. A única coisa que Ainsley não desistiu foi da música e é assistindo ela tocar seu violino que Adrian vai aos poucos reconhecendo a sua Ainsley, por baixo de toda a raiva, dor e amargura, ele vai despertar em si a vontade de trazê-la de volta.

“Seria difícil confiar nela novamente, mas, Deus, eu queria tanto. Então, ao invés de focar em todas as coisas que não conseguiria consertar naquela noite, fiquei escutando Ainsley tocar.”

Com os Olhos do Coração realmente é um livro para se ler com o coração aberto, pois as reações de cada personagem são reais e viscerais. Eles eram muito jovens quando passaram por um trauma muito grande e cada um lidou da sua forma. Ainsley fugiu. Miranda foi tentando sorrir um dia após o outro. Adrian sofria por duas meninas e acreditamos que em parte, ele pode ter perdido mais do que todo mundo. O problema é que mesmo que ele tenha ficado com raiva de Ainsley, ele continuou lutando pela vida e pelos seus sonhos, com o apoio de Josi e a amizade de Miranda, diferente de Ainsley que se afundou ainda mais na escuridão, lidando com tudo sozinha, decisão essa que ela mesma plantou. Ela fez apenas uma amiga verdadeira durante o tempo que esteve fora e Kelly foi bem importante pra impedir que Ainsley se afundasse de vez.

A diagramação está excelente, sem nenhum erro tanto na ortografia, quanto na concordância. Podemos afirmar que já estamos apaixonadas pela escrita da Amie. A capa é linda e o título casa tão bem com a história e faz todo o sentido em um momento específico da trama. A narrativa é feita em sua maioria por Ainsley, mas temos capítulos narrados pelo maravilhoso Adrian. Recebemos o ebook em parceria com a editora e estamos muito felizes de sermos as Angels do mês. A gente precisa parabenizar a Cherish por envolver os blogs parceiros em várias etapas até o livro chegar pra vocês, leitores finais. O livro foi publicado apenas em ebook e se você é assinante do Kindle Unlimeted corre que o livro sai de graça. Com os Olhos do Coração é o primeiro livro da trilogia Coração, mas a história de Ainsley e Adrian foi finalizada aqui, então os outros livros serão com protagonistas diferentes. Pelo Goodreads da Amie, nós vimos que serão Kelly e Miranda as estrelas dos próximos livros.

20190508_151551

Com os Olhos do Coração é aquele romance que lá no início a gente já se prepara pra sofrer, mas que quando chega no final queremos voltar para a primeira página novamente. É uma história tão cheia de emoção, que é impossível não se colocar no lugar dos personagens e até mesmo se questionar se faria diferente no lugar deles. Nesse livro, nós conseguimos encarar uma situação de diversas maneiras com diferentes pontos de vista e isso foi o que mais amamos na trama. Vimos o lado feio, medroso, o leal, o bonito, o corajoso e o verdadeiro. É uma história com problemas reais em que os personagens vão cometer erros, pois são humanos. Mas que vão aprender com eles, pois são apaixonados e pessoas do bem.

“Olhei ao redor da sala. Aquelas pessoas insanas eram a minha família. Nós caminhamos pelo inferno juntos. E, de alguma forma, conseguimos sair dele melhores do que antes. Nossa dor nos destruiu de maneira inimagináveis, mas nosso amor um pelo outro nos recompôs.”

Escrever essa resenha a quatro mãos, nos proporcionou entrar de cabeça na história e conversarmos por horas sobre tudo que a gente sentiu durante a leitura. Foi legal perceber como a gente foi absorvendo cada momento e de como até nos pontos negativos a gente concordava. Foi por muito pouco que não favoritamos Com os Olhos do Coração como aconteceu com Destinos do Amor. Pra nós ele ainda é o melhor da autora, mas isso não nos impediu de amar essa história e principalmente de esperar pelo próximo livro da Amie. Com os Olhos do Coração é muito mais do que um romance sobre duas pessoas que estavam predestinadas, mas sobre saber perdoar e se deixar curar. Deixamos nossas 4 Angélicas e já querendo o próximo livro na nossa mesa agora.

CLASSIFICAÇÃO 4 ANGÉLICAS

7 comentários em “Resenha: ‘Com os Olhos do Coração – Amie Knight’

  1. Olá, meninas.

    Tenho visto bastante a respeito desse livro e da autora em meu instagram, li algumas resenhas lá que me deixaram super curiosa para ler o livro. Mas acontece que a resenha de vocês está tão carregada de sentimentos que é impossível não ir sentindo o mesmo que vocês durante a leitura.
    Vocês aguçaram mais ainda a minha curiosidade em conhecer essa trama que parece ser carregada de dor e emoção!

    Um beijo,
    http://www.pactoliterario.blogspot.com.br

    Curtir

  2. Meninas, antes de mais nada parabéns pela resenha feita em dupla, ficou ótima! Essa interação é interessante porque permite analisar o livro sob diferentes pontos de vista, gostei muito. Sobre a súbita partida da protagonista acho que tem algo a ver com a Lori, não? Se sim entendo sua decisão, o trauma deve ter sido grande. São obstáculos que a vida coloca na frente e é preciso saber superar, como parece ter sido acontecido com o casal principal. História simples mas tocante!

    Curtir

  3. Socorro, Deus. To com coração acelerado e já com uma teoria “horrível” aqui. E to acreditando tanto nela, que to quase chorando *a louca* hahaha
    Eu adoro essa relação prima/irmã, porque é algo tão comum, é alguém do convívio, do seu sangue e que pode ser sua maior companheira, quando você não tem mais ninguém. Fiquei extremamente curiosa com a trama pela resenha de vocês. Fiquei querendo ver se minha teoria está certa, porque as primas se afastaram em primeiro lugar, como é amizade com outras pessoas, como é a volta e se o casal volta a ficar junto. E a capa é linda, né?! Amei amei, parabéns meninas. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    Curtir

  4. Não conhecia a obra, mas fiquei bem interessado em saber dessa história, pois parece possuir um enredo intenso e surpreendente. Anotada a dica.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s