A Hora do Chá: ‘Uma Proposta Indecente – Emma Wildes’

Oiiii oi gente! Olha eu de volta nessa coluna tão amada por todos. Nosso chá de hoje é na companhia de um trio – ou melhor, quarteto – apaixonante e Uma Proposta Indecente rs. Nós recebemos o ebook em parceria com Cherish Books Br e é claro que amamos, ainda mais com essa capa maravilhosa. Antes de saber mais, confere a sinopse e depois vem saber o que eu achei da estreia da Emma Wildes no Brasil…

“É a maior fofoca da cidade! Em um momento de embriaguez, dois dos maiores libertinos de Londres – o Conde de Manderville e o Duque de Rothay— estabelecem uma aposta pública, onde querem descobrir qual dos dois é o melhor amante. Mas qual mulher bela, inteligente e de discernimento consentiria ir para cama com dois homens e declarar qual deles é o mais hábil em satisfazer seus desejos mais profundos? Lady Caroline Wynn é a última mulher que qualquer um esperaria que se oferecesse para tal. A jovem e respeitável viúva decidiu manter-se longe de casamentos. Ela pode até não desejar um novo marido, mas seu breve matrimônio deixou algumas dúvidas escandalosas a respeito da intimidade entre casais. Se o Conde e o Duque concordarem em manter sua identidade em segredo, ela irá decidir qual dos dois é o mais experiente debaixo dos lençóis. Mas para a surpresa de todos, o que começa como uma proposta indecente pode se tornar uma lição surpreendente a respeito do verdadeiro amor.”

61238766_2318320208494242_5074800788493041664_n (1)

O Conde de Manderville, Derek, e o Duque de Rothay, Nicholas, são melhores amigos e os maiores libertinos de Londres. Eles são conhecidos por sempre provocarem um ao outro com disputas bobas. O problema é que suas brincadeiras passaram dos limites dessa vez. Bebendo até perderem o sentido, os dois dão início a uma aposta que até eles, agora sóbrios e um pouco arrependidos, sabem que foi um tanto além do limite. Agora que o circo já foi armado e Londres inteira está com os dois olhos bem abertos para saber quem será a dama – apesar de que a moça em questão não será mais uma dama perante a sociedade se aceitar se deitar com os dois cavalheiros – que vai aceitar julgar quem dos dois é o melhor amante. Nicolas e Derek terão que decidir se vão a procura de alguém para o cargo ou se cancela essa aposta de uma vez. Até que os dois recebem um bilhete extremamente interessante de uma mulher misteriosa dizendo que aceita ser a juíza dessa aposta se os cavalheiros jurarem manter sua identidade totalmente anônima.

“Se os senhores prometerem total discrição e desejarem um juiz imparcial para sua ridícula aposta, eu irei ajudá-los. Estejam avisados de que minha experiência até agora nos assuntos entre homens e mulheres não me deixou impressionada.”

A mulher em questão é Lady Wynn, uma viúva conhecida por sua frieza e distanciamento. Caroline sabe que ninguém na sociedade desconfiaria de sua pessoa, afinal ela é uma dama com uma reputação intacta. Ela foi casada por alguns anos antes do marido falecer, mas nunca teve uma experiência boa com o casamento. Ao longo da trama vamos descobrindo o embuste que o marido era e ficamos cada vez mais felizes por ele ter morrido – apesar do quão horrível isso possa soar. Ele nunca a tratou bem e Caroline sabe que a relação íntima entre um casal tende a ser diferente do que ela experimentou. Ela não quer um novo marido em sua vida, mas quando ela terá outra oportunidade de tirar todas as suas dúvidas escandalosas, com o mínimo de risco a sua reputação, se não for através dessa aposta?

Nicholas e Derek aceitam se encontrar com Caroline e imaginem a surpresa dos dois quando eles vêem a única dama que nunca passou pela cabeça deles e que pudesse aceitar uma proposta tão indecente assim. Não me entendam mal, eles não pensam menos de Caroline nem por um minuto, muito pelo contrário, eles, principalmente Nicholas, ficam impressionados com a coragem e determinação dela.

Nicholas é, de longe, o mais encantado. Não em um nível romântico, mas pelo claro desafio que ela joga para eles. Intrigado, Nicholas quer desvendar essa mulher que foi uma surpresa pra ele. Logo imagina que uma noite ao lado de Caroline não será o suficiente e define que cada um deles fique com a dama por uma semana, dando a desculpa que para um amante ser o melhor ele precisa conhecer sua parceira tanto dentro, como fora da cama. (Tá bem Nicholas, a gente finge que acredita que é só por esse motivo rs).

“Ela poderia ter a aparência deliciosa de uma Vênus encarnada, mas nunca lhe ocorrera que a sensualidade pudesse ferver sob aquele exterior tentador. Diziam as más línguas que as montanhas de gelo do Norte eram mais calorosas que Lady Wynn.”

Já Derek, apesar de achar Caroline extremamente atraente, não está tão animado com essa aposta. Não pelo motivo de ser escandalosa demais até pra ele, mas por estar de coração partido. Ele teve um pequeno momento íntimo com Annabel, a protegida de seu tio Thomas, um ano atrás, mas por N motivos, Derek acabou fugindo disso e estragando qualquer chance que poderia ter com ela. Aquela noite de bebedeira com Nicholas e o surgimento dessa aposta só existiu porque Derek viu o anúncio do casamento de Annabel e quis afogar as mágoas.

Annabel ficou órfã muito pequena e os tios de Derek cuidam dela desde então, como se fosse uma filha. Ela sempre teve uma paixonite por Derek, que só foi aumentando ao longo dos anos. Ele era seu herói. Ela o seguia por toda a parte o tempo todo. Derek, que é mais velho do que ela, sempre achou engraçado e fofo essa admiração, mas nunca passou disso. Ele sempre respeitou Annabel e nunca a viu com outros olhos, principalmente pela diferença de idade. É exatamente esse um dos motivos dele se assustar com os sentimentos que vem sentindo por Annabel, quando percebeu que ela não era mais uma menina e sim uma mulher. Acontece que a forma como tudo aconteceu entre eles e o modo como Derek lidou com isso, devastou Annabel, que teve toda a sua construção de ‘Príncipe Derek’, destruída. Ela não quer ter mais nenhum contato com ele e essa aposta só a fez ter mais certeza de sua decisão.

“Nicholas Manning, tão gloriosamente atraente, com o cabelo de alguma forma conseguindo parecer elegante e ao mesmo tempo um pouco desgrenhado e suas roupas de noite adaptadas à sua compleição masculina. Manderville também, como um deus grego, era tão bonito que parecia aquecer a sala com sua presença, seus brilhos mútuos fazendo deles o centro das atenções com ou sem sua infâmia atual.”

Poucos dias depois que Derek e Nicholas acertam tudo com Caroline sobre a aposta, assegurando o anonimato da mesma, Nicholas decide ser o primeiro a passar seu tempo com Caroline e a leva para sua casa de campo, longe de qualquer conhecido. E o caminho que ele pensou que seguiria, toma um rumo inesperado, pois Nicholas vai, aos poucos, conhecendo Caroline de verdade e todas as profundas intenções que a levaram a tomar a decisão de arriscar sua reputação desta forma. Ele percebe que é muito mais do que só curiosidade pelo desejo carnal e Nicholas se vê mais envolvido do que nunca. Enquanto isso, Derek tem uma conversa reveladora com seu tio Thomas e começa a levar a sério a ideia de colocar em prática um plano para reconquistar Annabel.

Eu vou me calar a partir daqui, pois tudo que acontece a partir de agora são spoilers que vão, aos poucos, definindo cada rumo dos personagens. Então vou descrever um pouquinho do que eu senti com a história.

Eu amei a Caroline num grau que nem sei explicar. Ela é tão forte. Passou por tanta coisa, tanto com o marido, como com o pai. Ela nunca amou ou foi amada de verdade e se pega mais envolvida do que esperava com todo o cuidado e atenção que Nicholas dedica a ela. Nicholas, por outro lado, fica apegado ao sentimento de não se envolver profundamente com ninguém de novo. Ele teve uma desilusão na juventude que o deixou um bocado desacreditado no amor. Por mais que seja conhecido como o Duque diabólico, ele tem um lado todo fofo e apaixonado que nos faz cair de amores por ele.

“Enquanto a música tocava, ela perdeu a noção da multidão, das fofocas, dos olhares ávidos. Uma felicidade que ela não achava possível transformou a noite de julgamento em triunfo.”

Annabel é uma menina mulher de personalidade. Pode mostrar certa infantilidade mas é compreensível pela sua idade e inexperiência. Ao mesmo tempo ela é inteligente e sabe se questionar na hora certa para descobrir se está tomando a decisão correta. Ela chega de mansinho na história e vai ganhando um destaque e virando aquela amiga que queríamos ter. Derek também tem seu lado apaixonante e eu torci muito para que ele conseguisse o que tanto desejava. Os dois merecem demais serem felizes, seja juntos ou separados.

A trama é fluída e gostosa de ler. Os personagens secundários são presentes e bem importantes, seja aconselhando ou dando uma empurradinha em certas pessoas rs. Mas nem todos fazem coisas boas e um ser deste livro é intragável e nem vale a atenção de minha parte. Só digo uma palavra: E m b u s t e.

Uma Proposta Indecente é muito mais do que eu esperava. A trama me surpreendeu e me conquistou do começo ao fim. As coisas não demoram muito para se encaixarem e a gente logo percebe o rumo que vai se seguir, mas só me fez mais cativa aos acontecimentos. Eu torci, me zanguei, me emocionei e me diverti com esse quarteto. O que mais me conquistou foi a delicadeza em que cada detalhe nos é mostrado e em como os personagens aprendem sobre o amor de uma forma pura e verdadeira. Alguns deles vão recuperar uma parte de si que se perdeu ao longo do caminho, enquanto outros acabam por descobrir uma parte valiosa de si que estava escondida debaixo da dor.

A diagramação segue o padrão da editora, e essa capa é linda demais. Temos o ponto de vista de Derek, Annabel, Nicholas e Caroline, o que é maravilhoso! Preciso dizer que a Cherish Books só tem arrasado em seus lançamentos. É um livro melhor que o anterior, que nos deixa sempre com o coração quentinho. O livro está disponível somente em e-book e se você é assinante do Kindle Unlimited, ele sai de graça. Então corre, não perde tempo e garante o seu.

60854446_2071641786470123_2849351028665483264_n

Espero ter conseguido transmitir como esse livro me agradou. Apesar de ter achado o final um tantinho corrido, não foi nada que tenha interferido em minha opinião. Com as damas tão belas por dentro como são no exterior, e esses lordes nos arrancando diversos suspiros, a receita não poderia dar errado. Vou deixar minhas 5 Angélicas e espero que vocês se joguem nessa proposta indecente rs. Até a próxima!

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

11 comentários em “A Hora do Chá: ‘Uma Proposta Indecente – Emma Wildes’

  1. Oi,tudo bem ?
    Nossa não conhecia, mas já me apaixonei pela proposta e corri no site da Amazon para procurar kkkkkkk . Com toda certeza uma ótima indicação, amei as escolhas dos quotes.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oi Anna! Ai, eu já te falei o quanto eu amei essa resenha. Começando com o fato da gente amar o romance de época, tem a amizade entre os dois, a aposta, o amor por uma e a sedução de outra. Quero muito mesmo ler esse livro. Adorei a resenha.
    Ps: seu fundo do kindle é preto? Queeeero hahaha
    Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s