Semana do Terror 2019 ‘O Príncipe dos Vampiros – Aline Sant’Ana e Clara de Assis

Oi ooooi gente! Estou chegando na semana mais horripilante do ano aqui no Além. Ou nem tanto assim hahaha. Já tivemos indicações de filmes e séries aterrorizantes, e eu estou trazendo um livro. Não tão aterrorizante, mas um romance de fantasia e que é do babado! Já chegamos com a realeza dos Vampiros e que trás uma combinação da p*rra de duas autoras nacionais. Antes de falar qualquer coisa, vamos a sinopse…

Quinhentos anos após a minha partida, eu retornei para o lugar onde nasci, a Ilha de Alkmene, com um único objetivo. Àquela altura, não era mais a garotinha que a família real conhecia, e sim a melhor guerreira de seu clã. Foi uma honra poder encontrá-los como Major da Divisão Magna. No extravagante castelo, fui recepcionada por pessoas que me amaram. Tudo estava indo de acordo com o planejado, até perceber que algo parecia… diferente. Depois de incontáveis séculos sem vê-lo, quando meus olhos pairaram sobre Orion Bloodmoor, o Príncipe dos Vampiros, reconheci que nem todos os anos que passamos separados seriam o bastante. Com suas exóticas íris vermelhas, corpo atlético, cabelos cor de ônix e uma personalidade nada tradicional, eu tinha inúmeros motivos para não observá-lo, para não reparar em sua beleza, para não me deixar levar… Ainda mais por ele não ser o único desafio que eu teria que enfrentar. Havia segredos sob aquele teto, falhas em meu clã, e a última coisa que eu precisava era me deixar levar pelos encantos de um príncipe. Assuntos do coração não deveriam vir antes do meu dever. E guerreiras usam espadas ao invés de coroas.

Chegamos a Alkeme, o lar de Vampiros. Lá temos uma realeza, composta pelo clã Redgold . Rei Callum é muito querido pelos outros e agora precisa assumir o posto de embaixador da Aliança, para tentar resolver os vários problemas que tem ocorrido. Mas, para isso, ele precisa renunciar o posto de rei para o seu filho, Orion, assumir.

08

Mas, não é uma coisa simples. Callum não pode, somente, deixar seu herdeiro no trono. A verdade é que Orion precisa passar por alguns testes, para se provar merecedor do título. Para isso, ele precisa de uma Lochem, que vai ajudá-lo nesse período. A escolhida é Mia Black. Alguém que já fez parte do palácio, mas se tornou a melhor guerreira que temos notícia. Ela decide aceitar, afinal, esse posto é de muita honra. Mas faz anos que ela não encontra com as pessoas de Alkeme e, principalmente, faz anos que não encontra com Orion.

– Orion, é chegado o momento de que nossos ensinamentos, semeados ao longo da sua existência, estejam prontos para serem colhidos, e sei que darão bons frutos.

Assim que eles se reencontram, um estalo acontece entre eles. Vai ser uma ligação que eles vão relutar um pouco a admitir, mas o savach aconteceu entre eles. Não entendeu essa palavra? Isso significa que uma conexão sentida, que indica a pessoa amada. Ou seja, Orion encontrou sua Ma’aev, sua alma gêmea, bem no período de testes para o trono. Mas isso não será um tipo de problema. Ambos ainda vão treinar e estudar para os desafios que Orion terá pela frente. Só que uma coisa maior está para acontecer.

09

Sem problemas na vida amorosa, tudo se encaminhando para assumir o trono, o Príncipe começará a desconfiar que uma traição a coroa está acontecendo e ficará de olho, para poder investigar e contará com a ajuda de seus fiéis escudeiros. E, quando ele descobrir o que vem por aí, se preparem, muitos planos e uma possível guerra está prestes a estourar. Enquanto, vão lidando com os traidores, tentando conter as ameaças e com as perdas que podem ocorrer, vamos ver o quanto esse clã é poderoso e disposto a tudo para defender seu reino.

– Como queira, Majestade. Farei tudo o que tiver ao meu alcance. O príncipe Orion terá absoluta noção da sua importância ao se tornar quem nasceu para ser. E, garanto, Majestade, que me dedicarei, até a cerimônia, no Samhain*, ao cargo que me confiou.

*Halloween

Preciso começar a falar sobre Mia. Que protagonista é essa gente?! Ela é toda maravilhosa, ela. Nós a conhecemos criança, sabemos que uma tragédia se abateu sobre sua família e então, já vamos lidar com ela adulta e toda badass. A jovem vampira decidiu entrar para a Divisão Magna e se tornou uma das melhores guerreiras que defendem os interesses da classe. E, ao ser convidada para ser a Lochem que vai ajudar a coroação do novo rei, a honraria aumenta, afinal, temos a primeira mulher do posto. E é incrível perceber como ela se importa muito com isso, enquanto vai se envolvendo com a alma gêmea que a estava esperando e que viria a ser o Príncipe Orion.

Já Orion é maravilhoso. Me curvo aos seus pés, Alteza. Começamos com ele também criança e provocando Mia. Quando o encontramos adulto, podemos ver que ele aproveita bastante a vida e se surpreende com a notícia que terá que assumir o lugar do Rei, pelo bem da Aliança dos Vampiros. Quando isso acontece, conseguimos ver que, apesar do lado farrista, ele é muito responsável e consciente de seus deveres. Orion é um Príncipe que não tem medo de colocar a mão na massa e lutar pelo o que acredita. Nem pela mulher que ama e que nasceu para completar a sua existência. Nem pela sua família ou seu povo. Ele tem um charme e exala poder e confiança, mas não pensem que isso o deixa arrogante.

– Primeiro de tudo é que o século em que vivemos não permite mais enxergar nenhum ser vivo como aberração. Todos temos uma função e, se existimos e somos seres pensantes, somos capazes de respeitar o outro, de dividir tarefas e conviver em uma sociedade saudável. Não acha que uma aberração é, na verdade, alguém que não é capaz de enxergar isso?

Nós temos personagens secundários cativantes. Fiquei louca para saber mais sobre Beast, Echos, Donn, até mesmo sobre Rei Callum e Rainha Stella. Temos uma base para os mocinhos criada de forma que você torça para que todos estejam naquela união para toda a eternidade. Nós temos vampiros, humanos, shifters – humanos que podem se metamorfosear em animais -, todos convivendo bem.

06

É inegável o quanto sou fã da Aline e da Clara. Amo as duas e vivo enaltecendo e propagando. Então, claramente, eu já estava com as expectativas nas alturas. Mas com a curiosidade lá também. Afinal, como duas autoras de romance se sairiam escrevendo um livro de fantasia. Ainda que o romance esteja ali, bem envolvente, elas criam quase uma guerra vampírica. Criam lendas, criam palavras e seus significados. É uma coisa incrível, de verdade. Elas acertaram nessa combinação, que acho que não tenho palavras para, de fato, explicar esse livro.

Diante das palavras de Mia, meu último pensamento me assustou: essa vampira é magnífica coko guerreira, mas seria ainda melhor como uma rainha.

Torço muito para que ele seja bastante falado e espalhado, ainda mais nessa época de Halloween, que tem uma “participação” especial na trama. Quero muito que mais pessoas conheçam e que isso motive até autoras a escreverem mais livros no universo de Alkeme porque, acreditem em mim, ainda tem tramas para serem exploradas. E eu só quero, viu meninas?! Nem to pedindo muito haha. As autoras são uma combinação perigosa, viciante e alucinante haha. Confesso que uma certa cena de Orion, que eu reli umas cinco vezes, porque, meu Deus, gente, que coisa maravilhosa! É incrível como não consegui identificar o que cada uma escreveu da história, ainda mais por ser acostumada a ler as obras delas. E isso foi o melhor, me envolvi profundamente com a trama e só queria mais e mais e mais.

A narrativa da trama é feita por Orion e Mia. Além disso, o livro se passa nos dias atuais. Com isso, podem esperar algumas referências a coisas que gostamos, inclusive, temos trocadilhos com o Batman.

07

Sobre a diagramação da Editora Charme, sempre falo por aqui: não me canso de elogiar. A capa ta linda, ta bem do jeito do Orion. Temos fundo nas páginas, veio com um glossário e um mapa de Alkeme. E eu AMO quando colocam mapas em livros. A letra e o espaçamento estão confortáveis para a leitura. Eu comprei meu livro lá na Bienal e, tanto Aline, quanto Clara, estavam lá. Ou seja, já autografei meu livro lindo!

– […] Eu entendi que, ao lutar por uma causa, descobrimos mais sobre nós mesmo. Ainda que seja preciso ir contra quem mais amamos, não podemos ir contra quem somos. Nossa integridade e nossos valores não podem se perder.

Não tenho como não dar cinco Angélicas para O Príncipe dos Vampiros. Sendo honesta, do fundo do coração, nem acredito ter sido capaz de mostrar o quanto o livro é incrível. Aline e Clara, vocês se superaram! Vocês, novamente, mostraram do quanto são capazes de criar um livro surreal e ultra envolvente. Por favor, mandem mais, que foi pouco!

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

11 comentários em “Semana do Terror 2019 ‘O Príncipe dos Vampiros – Aline Sant’Ana e Clara de Assis

  1. Oie! Que resenha maia fantástica! Sou super fã de livros assim. E acho que hoje já vou sonhar com este casal que parece ser bem interessante!!! As partes que você contou da história me deixam bem tenta paraler o livro!

    Valeu pela dica! Parabéns pela resenha!

    Curtir

  2. Olá Raíssa,
    Ainda não conhecia essa obra, mas ela misturar duas coisas que amo que é fantasia com romance, já me deixou mega animada para conhecê-las. Pelo que narrou, acho que iria gostar bastante da Mia, já que curto personagens com esse estilo dela. Já esse príncipe parece ser tudo de bom, visto que exala poder e confiança, duas coisas que acho importante para alguém no nível dele.
    Sem sombra de dúvidas é uma história que vai para a minha lista de livros para serem lidos. Tem o e-book dele na Amazon também?
    Arrasou na resenha como sempre, me deixou querendo iniciar essa leitura agora mesmo. Parabéns!

    Beijos!

    Curtir

  3. Histórias de vampiros me chamam muito a atenção. Gosto de livros assim, com uma pegada de suspense e terror.
    Gostei de conhecer o livro “O príncipe dos vampiros” e fiquei curiosa para ler.

    Beijos,
    Isa Gomes

    Curtir

  4. Esse livro é a minha cara, preciso ler essa história na íntegra, estou super curioso para saber de tudo que nela há. Anotada a dica, espero estar lendo em breve.

    Curtir

  5. Oi Raí!!
    Eu estava devendo a leitura dessa resenha e agora que eu fiz, eu quero esse livro hahaha
    Adoro tramas que envolvam vampiros e é muito bom saber que temos um ótimo livro desse tema escrito por duas escritoras brasileiras. A diagramação tá linda demais e esse mapa super maravilhoso só destacou isso.
    Bjs,
    Adriana Cardoso
    https://almde50tons.wordpress.com/

    Curtir

  6. Olá, tudo bem?
    Eu gosto de histórias de vampiros, seja livros ou filmes, mas confesso que não conhecia a obra em questão e o mais legal é saber que faz parte da literatura nacional.
    Abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s