Maratona de Férias 2020: ‘Elite – 2ª temporada’

Oi oiiii gente. Dando sequência a nossa Maratona de Férias, hoje vim para falar da Segunda Temporada de Elite. Uma série espanhola, Original Netflix, que conquistou muita gente e é o maior sucesso. Essa temporada chegou ao serviço de streaming no dia 06 de setembro de 2019, com 8 episódios, e eu finalmente consegui vir contar o que eu achei pra vocês. Já deixo avisadinho que essa crítica conterá spoilers da Primeira Temporada, então se ainda não assistiu, corre pra ver antes de prosseguir neste texto. Antes de eu falar mais, confere a sinopse e o trailer:

“Para tentar descobrir a verdade sobre a morte de Marina, Samuel tenta seduzir Carla. Segredos finalmente vêm à tona e a verdade sobre um misterioso desaparecimento é esclarecido.”

Como vimos no final da Primeira Temporada, devido a um mal entendido, Samuel (Itzan Escamilla) acabou dando um testemunho que resultou no seu irmão, Nano (Jaime Lorente), sendo preso pelo assassinato de Marina (María Pedraza), mas já sabemos que o verdadeiro assassino é Polo (Álvaro Rico), um burguês com cara de bobo, mas que me enganou direitinho. Polo, com a ajuda de Carla (Ester Expósito) e Christian (Miguel Herrán), teve toda as provas desviadas de sua direção. Samuel descobre que cometeu um erro tarde demais e vai fazer de tudo para descobrir a verdade para vingar a morte de Marina e tirar seu irmão da cadeia.

A Segunda Temporada começa num ritmo frenético, partindo do mesmo ponto que acabou a anterior, com as coisas dando erradas logo de cara. A trama segue a mesma linha de narrativa da temporada anterior: duas linhas temporais que vão nos mostrar, paralelamente, o presente em tempo real, com a polícia investigando e tomando depoimentos sobre um acidente, e também três meses antes disso, nos mostrando todos os fatos que culminaram nesse acidente. A investigação dessa temporada é um desaparecimento. A primeira cena que temos é da polícia começando as buscas por um aluno desaparecido e no final do episódio já sabemos quem ele é. Por mais que não seja um spoiler – pois o foco não é em quem está desaparecido e sim o porquê, e é até bem óbvio rs – eu não vou jogar o nome na roda aqui rs

O novo ano letivo começa, e temos três novos alunos, cada um com seus segredos, no colégio Las Encinas: Valério (Jorge López), um festeiro, que é meio irmão de uma personagem, e junto com ela, vai ser responsável por trazer um assunto delicado e digno de debates aflorados; Rebeca (Claudia Salas), uma garota descolada, que apesar de ter ficado rica, não perdeu sua essência; e Cayetana (Georgina Amorós), uma menina que vai chegar buscando amizade com o alto escalão do colégio, vestida de marcas da cabeça aos pés, mas que esconde segredos que vão acabar com toda essa pose de patricinha. Esses três chegam pra colocar mais lenha nessa fogueira que já estava fora de controle, e são importantes para definir o rumo que a história tom

Começa então uma jornada bem intensa que vai revelando aos poucos todos os detalhes desse novo mistério que nos é apresentado. O primeiro fato evidente é o remorso que Christian sente por saber toda a verdade do assassinato de Marina e não ajudar a livrar Nano, seu ‘amigo’, da prisão. Ele não está aguentando guardar esse segredo, e pretende contar tudo, só que não faz ideia do perigo que o ameaça. Já Samuel, vai se tornar amigo de Rebeca, e com sua ajuda, pretende bolar um plano para começar a desmascarar os verdadeiros culpados pela morte de Marina. Seu primeiro passo é se aproximar de Carla e se envolver com ela para tentar descobrir alguma pista do que realmente aconteceu. Assim como Christian, Samuel vai acabar se metendo em algo bem maior do que previa.

Eu não posso falar muito mais do que isso, pois corro o risco de acabar dando spoilers, e é importante acompanhar cada acontecimento no seu próprio tempo, então vou falar sobre os personagens.

Guzmán (Miguel Bernardeau) volta com tudo nessa temporada. No início, coitado, totalmente perdido e revoltado, sem saber como lidar com a morte da irmã. Adivinhem quem vai sempre estar lá para ajudá-lo? Acertou quem disse Nádia (Mina El Hammani) rs e meu coração shippador não estava preparado para os tiros que esse casal me deu rs. Falando nessa diva, Nádia vai estar muito mais segura de si e do que quer, mas ao mesmo tempo vai ter que pagar um preço alto por isso e por mais que tudo tenha ido por um caminho frustrante para mim, eu super entendi ela e quis ser uma amiga para dar apoio.

Agora, um casal totalmente inesperado que irá se formar é Carla e Samuel, e confesso que não estava preparada para essa novidade. Essa relação vai sair do controle de ambos e alguém vai acabar se dando muito mal. Outro casal que preciso citar é Omar (Omar Ayuso) e Ander (Arón Piper) e é com dor no coração que digo que foi uma pequena decepção pra mim. Eu acompanhei esse casalzão ir de épico para tóxico, em um espaço de cinco episódios. Eu estou muito puta da vida com o Ander e eu realmente espero que ele faça por merecer ter o meu amor de volta. Já Omar está no seu auge, sendo quem realmente é, e se preparem para ter cenas importantes dele e a irmã, Nádia, com seus pais. Todos os demais personagens retornam no seu melhor. Lucrécia (Danna Paola) protagoniza uma cena maravilhosa, que quase me fez amá-la rs. A inspetora (Ainhoa Santamaría), agora já familiarizada com essa turma, será de grande ajuda para o plano de revelar toda a verdade.

Como eu disse ali em cima, vai ter assunto um tanto polêmico, sendo abordado e que é aceito de um jeito na Espanha, que aqui não é, então se preparem, pois traz uma reflexão pesada. A série ainda contém o seu misto de sexo, drogas e festas, mas nada gratuito e apelativo, muito pelo contrário, todas essas cenas tinham um propósito, casando muito bem com a situação. Falando em festas, as melhores cenas dessa temporada aconteceram nas festas, e tem uma em especial que eu amei demais.

Essa Segunda Temporada veio com força total e trouxe novamente um enredo cativante, só que mais elaborado e surpreendente. As pontas soltas da temporada anterior foram amarradas nessa segunda, de uma forma bem feita e nada previsível. O final, claro, ficou em aberto, cheio de novas perguntas que me deixaram desesperada por respostas. Mas tudo de maravilhoso dessa temporada não superou um ato do final que se tornou meu momento favorito até agora, e que formou uma dupla épica que me me fez gritar de emoção rs. Um desfecho MUITO bem feito.

Estou bem contente com o que foi apresentado nessa temporada. Confesso que não estava levando muita fé que a Segunda seria tão boa quanto a Primeira, mas não só foi, como superou todas as minhas expectativas. Vou encerrando por aqui, recomendando demais essa série, e ansiando pela Terceira Temporada, que deve chegar no fim do segundo semestre deste ano. Ah, e fiquem atentos que a Maratona de Férias ainda não terminou. Até breve.

8 comentários em “Maratona de Férias 2020: ‘Elite – 2ª temporada’

  1. Ai amiga, eu vi a segunda temporada no mesmo dia que saiu e até agora eu fico me perguntando o que ta rolando nessa série. Não vou mentir, eu gostei dela quando eu acabei, mas depois eu fiquei pensando nela e sei lá, pareceu meio sem sentido.
    Mas eu adorei os conflitos dessa vez e a filha da faxineira que se acha a poderosa foi o AUGE pra mim kkkkkkkk
    Adorei tua critica!

    Curtir

  2. Ainda não assisti Elite mas sua resenha me deixou curiosa (não li os spoilers) e sabendo que a segunda temporada é até melhor e mais elaborada que a primeira, fiquei mais empolgada!

    Curtir

  3. Olá Anna, tudo bem?
    Eu não assisti a série e nem tive vontade na verdade (sorry), mas muito dos meus amigos amam a série. Gostei da sua resenha, ela deixa a gente curiosa para ver a série.
    Abraços!

    Curtir

  4. Vou ser bem sincera e dizer que não consegui assistir essa série, eu até tentei, mas acho que ela não é para a minha “idade” kkkkkk…..mas a ideia dela é ótima. A resenha é muito boa. Bjus

    Curtir

  5. Olá,

    Vejo muitas pessoas elogiando essa série e sinceramente, não sei o motivo de ainda não ter começado a assistir, vou sempre deixando para depois. Gostei de saber que nessa segunda temporada veio com força total e apresenta um enredo cativante, isso é sempre bom. Também adorei saber que as pontas da temporada anterior foram amarradas e que isso não aconteceu de forma previsível, gosto de ser surpreendida. Adorei o seu post, está muito completo e me deixou com mais vontade de assistir!

    Beijos!

    Curtir

  6. Oie, tudo bem? Ah, gosto tanto de indicação de séries ainda mais quando já assisti e curti. Vi a temporada completa num final de semana e nem acreditei. Concordo com você, precisamos nos segurar para não dar spoilers haha Achei a segunda mais dinâmica do que a primeira. Pelo enredo, personagens e também pelas histórias paralelas. Deu até vontade de assistir novamente. Um abraço, Érika =^.^=

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s