A Hora do Chá ‘O que Acontece em Londres – Julia Quinn’

Oi ooooi gente! Hoje eu trouxe, para a nossa coluna linda, a resenha do segundo livro da Trilogia Bevelstoke da, aquela que é chamada de Rainha dos Romances de Época, Julia Quinn. Depois de História de um Grande Amor, contando sobre Turner, o mais velho dos irmãos Bevelstoke, chegou a hora de Olivia ganhar suas páginas. E mais do que depressa li, de tão ansiosa que estava. Já vale a informação que o último esta previsto para maio. Sem mais delongas, vamos a sinopse…

Quando Olivia Bevelstoke ouve o boato de que Harry Valentine, seu novo vizinho, matou a própria noiva, não acredita nisso nem por um segundo.
Ainda assim, só por via das dúvidas, decide espioná-lo. Arruma um lugar perto da janela do quarto, se esconde atrás da cortina e passa a observá-lo. Logo descobre um homem muito intrigante, que definitivamente está tramando algo.
Sir Harry Valentine trabalha para o gabinete mais sem graça do Departamento de Guerra inglês, traduzindo documentos vitais para a segurança nacional. Apesar de não atuar como espião, passou por todo o treinamento para ser um. Por isso, percebe imediatamente que sua linda vizinha está seguindo seus passos pela janela.
Assim que chega à conclusão de que ela é apenas uma debutante bisbilhoteira, Harry descobre que a jovem está sendo cortejada por um príncipe estrangeiro suspeito de conspirar contra a Inglaterra.
Agora ele precisa espioná-la oficialmente, e logo fica claro que a maior risco que Olivia representa é fazê-lo se apaixonar…

Harry Valentine não teve a infância mais tranquila. Ainda que tivesse uma querida irmã mais velha, um irmão mais novo e uma avô russa, seus pais eram o problema. Enquanto sua mãe era passiva e inexpressiva, seu pai era o motivo de vergonha, por causa de suas bebedeiras e vexames. Então, quando ele se forma na escola, ao invés de seguir para a faculdade como era seu sonho, acaba indo para o exército, junto com seu primo Sebastian, por alguns anos.

Quando sai do campo e passa para a função de tradutor do exército, Harry acaba ficando na casa em frente a de Olivia Bevelstoke. E nossa bela lady já recebeu a visita de suas amigas e elas tem uma fofoca nova ,de que sir Harry é um tanto violento, já que bateu em outro rapaz da sociedade e, não só isso, dizem que ele foi capaz de assassinar sua ex noiva. Não que ela acredite nisso, porque sabe como funcionam os boatos, mas fica um pouco impressionada e começa vigiá-lo pela janela do seu quarto.

Meu Deus, como iria se explicar? Mocinhas bem-nascidas não ficavam espiando os vizinhos. Fofocavam, analisavam o corte dos paletós e a qualidade da carruagem deles, mas não ficavam espiando pela janela – definitivamente, não.

Por mais que Olivia acredite que está sendo discreta, Harry tem percebido que a dama tem feito uma marcação em cima dele e fica um tanto preocupado, principalmente pela função que ainda ocupa. Só que ele percebe que se trata apenas de uma jovem curiosa. Então, na primeira oportunidade que surge, durante um evento, ele se aproxima e se apresenta. Mas eles não vão se dar bem logo de cara e acabam nutrindo uma implicância um pelo outro.

737

O que Harry não esperava, era receber uma nova missão sobre um príncipe Russo que está em Londres e pode ter alguma relação com Napoleão Bonaparte, fazendo com que ele precise ficar atento aos seus passos. Também precisa se atentar a dama que ele está cortejando e é, ninguém mais, ninguém menos, do que Olivia Bevelstoke. E um certo senso de proteção em relação a jovem aparece. Ainda mais depois de alguns encontros e a percepção de que ela é diferente do que as pessoas imaginam.

– A senhorita não pensa muito antes de falar, não é mesmo?
– Não muito – admitiu ela.

Então, Harry começa a ficar mais presente no dia a dia de Olivia, enquanto vão se conhece melhor, trocam certas confidências e começam a se apaixonar um pelo outro. O que nosso mocinho não pode esquecer é que existe uma missão acontecendo, o príncipe Russo segue perto da jovem Bevelstoke e ele precisa descobrir as intenções do nobre e se, não só a Inglaterra sofre algum perigo, mas sua amada também.

Parando de falar da trama, vamos falar sobre os personagens incríveis desse livro. O meu amor por Olivia começou lá no livro de Miranda e Turner, porque ela era uma amiga maravilhosa. E, ao ganhar o seu protagonismo, não me decepcionou em nada. Ela é engraçada, não acredita em qualquer boato, ela quer provas. Tem um jeito doce, se preocupada com a visão que as pessoas tem dela, não quer se casar sem amor. Adora ler jornais, porque quer estar por dentro das notícias, mas não tem tanta paciência para livros. Bem verdade que ela não tem paciência para várias coisas, já que abandonou diversos hobbies. Olivia é espirituosa e brilha por isso.

Isso arrancou um sorriso dele. Não conseguiu evitar. Já não entendia mais como fora capaz de achá-la fria e distante. Na verdade, Olivia irradiava bom humor e irreverência. Bastava, ao que tudo indicava, estar na companhia de um bom amigo.

Harry é maravilhoso. Tudo o que eu senti falta no primeiro livro da série, em relação ao mocinho, eu supri nesse. Harry tem seus problemas de quando era criança e não lida com isso descontanto nos outros. Um diferencial nele é que, como sua avó era russa e só gostava de conversar no idioma, ele é fluente e isso gera ótimos pontos no livro. Ainda que ele pré julgue Olivia, não demora a perceber como ele não poderia estar mais errado e vai se encantando com ela. Também tem seu lado espirituoso e engraçado, principalmente quando está com Sebastian ou na presença do Príncipe Aleksei.

738

Falando sobre secundários, o destaque da vez é para Sebastian, primo do Harry – e que vai ser o protagonista do próximo livro – e que foi para o exército com ele. Enquanto nossa mocinho é um baronete, Sebastian tem chance de ganhar um condado. Só que ele gosta de curtir a vida, está sempre pelos eventos e bebe bastante, mas é bastante leal ao primo. Preparem-se para as cenas com ele, até porque, uma das melhores do livro tem total ligação com sua atuação. Literalmente falando.

Temos um pouco mais sobre Winston, mas isso acabou me deixando triste, afinal, ele será o único dos irmãos Bevelstoke a não ganhar seu próprio livro. Ah!, sobre Miranda e Turner, infelizmente, eles não aparecem no livro, mas Olivia nos conta como está a vida dos dois e, inclusive, as novidades em relação ao casal, junto com a saudade que ela tem da melhor amiga e todo o amor por sua sobrinha.

[…] Aquela fora a coisa mais romântica que Olivia ouvira na vida.
– Você existe – falou ele, com a voz grave de desejo. – E eu, portanto, preciso de você.
Não, aquela fora a coisa mais romântica.

Em relação a escrita de Julia, por já conhecer, sabia que seria uma leitura que eu faria rápido, porque ela tem um jeito bem fluído de nos apresentar a trama. Mas, ainda sim, acabei surpreendida. Talvez por ter achado que o primeiro ficou devendo em alguns pontos, esse acabou me pegando totalmente. Não só os personagens são cativantes e gostosos, mas a própria trama. Não só isso, Julia trouxe, pelo menos para mim, cenas bem marcantes. Uma de forma beeem engraçada e a outra por ser inusitada e inédita em romances de época. Então, me ganhou totalmente.

Sobre a diagramação, a Editora Arqueiro trouxe uma mudança. A capa do livro não é mais uma foto de época não. A trilogia veio com capas com desenhos aquarelados, que são as coisas mais lindas e, esse segunda parte da trilogia, tem apenas a Olivia na capa. Acho que se tornaram as minhas capas preferidas. Por dentro, temos simplicidade. Folhas amareladas, letras e espaçamentos confortáveis para a leitura.

E foi então que ele soube. Tinha acontecido. Ali mesmo, em Londres. Harry Valentina tinha se apaixonado.

O que Acontece em Londres foi uma leitura maravilhosa. Ao contrário do seu antecessor, ela me ganhou totalmente. Seja com seus personagens apaixonantes, seja com os momentos super engraçados, fato é que ele conquistou um espacinho no meu coração e me deixou falando dele por dias, depois que terminei, além de me deixar super ansiosa de ver como vai ser o Sebastian assumindo o protagonismo. Então, não tem como não dar as cinco Angélicas.

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s