A Hora do Chá: ‘As Lições da Dama Escarlate – Emma Wildes’

Oi oi gente. Olha eu de volta nessa querida coluna e hoje pra falar um pouquinho sobre o livro As Lições da Dama Escarlate, lançado em fevereiro, pela editora Cherish Books Br. Eu já tinha tido contato com a escrita da Emma Wildes em Uma Proposta Indecente e me apaixonado por sua escrita, e nesse novo livro não foi diferente. Confere a sinopse e vem saber tudo o que eu achei dessa história.

“Nenhuma dama de verdade deveria ter lições de uma dama escarlate… A nova esposa do duque de Rolthven, Brianna, é a perfeita noiva aristocrática. Então, o que a sociedade diria se a visse com uma cópia de “O Conselho de lady Rothburg – lições de uma cortesã?”
Quando sua esposa inocente de repente se torna uma mulher fogosa no quarto, o próprio Duque fica realmente impressionado com seus poderes de sedução. Seguir o conselho de uma cortesã pode levar a problemas, mas pode levar também ao maior desejo de Brianna: conquistar o amor do marido.”

IMG_20200521_154801(1)

Brianna não estava nada contente com sua vida conjugal. Quando conheceu o tão sério e conservador Colton Northfield – Duque de Rolthven – se encantou por sua pessoa e teve o prazer de ser correspondida. Mas não imaginava que depois do casamento, ele continuaria sendo tão distante, só dividindo algumas horas da noite com ela em sua cama. Por isso, quando encontra o infame e banido livro ‘Conselho de Lady Rothburg‘, escrito por uma famosa cortesã, não pensa muito nas consequências de ser descoberta com tal livro e o compra, na esperança de obter ajuda para fazer o marido se apaixonar por ela.

“Em nossa sociedade é perfeitamente aceitável que ele não me ame. Não é, no entanto, aceitável para mim.”

Brianna se surpreende pelo conteúdo nada casto, mas ao mesmo tempo com um teor sensato e não demora para transformar a teoria em prática. A nova confiança e sedução da esposa não passa despercebido por Colton, que se surpreende com a disposição dela e a paixão que começou a demonstrar com tanta intensidade. Ele se sentiu atraído por ela desde o momento em que a viu, mas nunca pensaria em ser tão ousado intimamente com uma mulher tão inocente como ele acreditava que a esposa era. Agora, está cada vez mais satisfeito com o quanto eles se encaixam perfeitamente.

Paralelo a essa trama, temos Rebecca, amiga de infância de Brianna e a única do seu trio de amigas – que inclui também Arabella – que não se casou em sua primeira temporada, o que frustou seus pais profundamente. Eles se importam com seus sentimentos, mas tiveram que recusar todos os pedidos que julgavam ser mais que adequados, por pensar que a filha estava sendo apenas teimosa. Mas essa não é a verdadeira razão da recusa de Rebecca em se casar. Ela se apaixonou por Robert Northfield, irmão mais novo de Colton, e isso seria maravilhoso se ele não fosse um dos maiores libertinos de Londres, além de nem se dar conta de sua existência. Pelo menos, até agora. Para piorar, seu pai o abomina veementemente por razões que se recusa a esclarecer.

“Ele raramente precisava esconder seu interesse — não, ele nunca teve que esconder seu interesse por uma mulher antes —, aparentemente não era muito bom nisso.”

Robert adora a liberdade que possui. Nascido em uma família de prestígio e fortuna, e sendo o mais novo de três irmãos, não tem que se preocupar com títulos e responsabilidades, o que pra ele é um bônus e tanto. Ele ama aproveitar seus momentos íntimos com as mulheres que surgem em seu caminho, mas uma grande parte de sua má reputação é uma mentira. Como bom libertino, ele acha tudo isso divertido e não tem intenção de esclarecer esse mal entendido, justamente por não querer tornar público seus verdadeiros gostos, como a música, por exemplo. Mas um encontro ao acaso com Rebecca vai se tornar algo que ele não consegue esquecer, o que nunca aconteceu antes, e conforme começa a reparar na moça totalmente casável – que nunca se permitiu reparar antes, por não querer se amarrar – Robert vai começar a se incomodar com sua reputação exagerada e pela falsa acusação que o pai de Rebecca tem contra ele.

Esses dois casais, com dinâmicas totalmente diferentes, vão se reunir na casa de campo da família Northfield, por conta de um pequeno evento em comemoração ao aniversário de Colton. Ele acaba se chateando um pouco com os planos surpresa da esposa, já que ele tem sempre muito trabalho a fazer, mas acaba cedendo, por reconheceras boas intenções dela. Brianna espera colocar em prática todos os seus planos, aprendidos com o escandaloso livro e construir uma conexão com o marido além do quarto.

IMG_20200521_155035

Rebecca estava animada em ter a chance de conseguir a atenção de Robert neste evento, até seus pais frustrarem seus planos, anunciando que iriam também. Se sentindo desesperada e sem saída – seu pai está mais e mais determinado a achar um pretendente para ela – Rebecca aceita a oferta de Brianna e pega emprestado o livro, a fim de obter ajuda para conquistar seu libertino desejado. Já Robert se pega cada vez mais encantado por Rebecca, o que o assusta totalmente, já que se considera muito novo e com uma vida pela frente para ser aproveitada, ao invés de se prender a alguém. Só que Rebecca está tomando uma importância enorme para ele e não será tão fácil ignorar isso, principalmente depois de observá-la tocando piano com a mesma paixão que ele tem pela música.

Esse evento vai render muito, viu? Serão cinco dias que vão servir para que Brianna e Colton se conheçam mais profundamente e que o fará repensar suas ações pós-casamento. Colton sempre teve muita responsabilidade pesando sobre si e viveu uma vida metódica e controlada, com hora marcada até para um passeio. Quando Brianna entra em sua vida, ele não a inclui em sua rotina como ela gostaria e isso se torna um problema que o duque vai demorar a perceber. A nova duquesa vai se apegar a esses conselhos obtidos no tal livro, mas acredito que a maior lição é que ela aprende a ser ela mesma, uma mulher inteligente e respeitável, mas que mantém seu lado travesso e jovial. Eu fiquei completamente apaixonada por esse casal e feliz por acompanhar o crescimento de uma cumplicidade bonita e natural.

“Antes que ela pudesse responder, ele mergulhou os dois braços na água e a levantou da banheira, sem ter o cuidado de não molhar suas roupas. Brianna ofegou com a audácia do gesto, porque era tão inesperado e diferente vindo dele.”

Robert e Rebecca não ficam para trás no quesito conquistar meu coração. Eu me irritei um pouco com a negação de Robert, mas quando eu entendi seus verdadeiros receios, só me fez amá-lo ainda mais. Rebecca é o encanto em pessoa, extremamente talentosa, mas que precisa esconder suas composições por conta dos “bons costumes”. Vê-la compartilhar esse amor pela música com Robert é muito satisfatório e eu devorei cada linha de interação desses dois, torcendo para que tudo acabasse da melhor forma possível para eles.

Alguns personagens secundários também roubam a cena, e é o caso de Damien, irmão do meio de Colton e Robert. Ele será de grande ajuda na relação de seu irmão mais novo com Rebecca, e eu amei os seus momentos de interação com todos os demais personagens. Fiquei com um gostinho de quero mais da história dele. Arabella também foi uma presença constante e sua relação com as amigas é cheia de amor e cumplicidade, assim como carrega uma boa amizade de infância.

“— Quem imaginaria que você podia ser tão irritante agora como quando eu tinha dez anos?
— Eu tinha onze anos e aprimorei minha técnica com a idade.
— Há algumas coisas que não devem ser melhoradas.”

Assim como foi com o livro anterior da Emma Wildes, eu me apaixonei por essa história, ou melhor, por essas histórias, já que temos dois casais sendo desenvolvidos. Me senti tão envolvida que não conseguia largar. A trama me pegou de surpresa por entregar dois arcos paralelos, mas ao mesmo tempo, entrelaçados de uma forma mega envolvente. A escrita da autora é bem fluida e cativante, cheia de diálogos inteligentes e bem humorados, além de uma pitada de drama que a gente gosta. O denominador comum aqui é o infame livro de uma cortesã cheia de experiências e com ótimos conselhos amorosos. E confesso que eu fiquei com vontade de ter o ‘Conselho de Lady Rothburg’ na minha estante rs.

A diagramação segue o padrão da editora, com uma formatação simples, mas confortável para leitura. Infelizmente encontrei alguns errinhos de revisão e concordância, mas nada que tenha atrapalhado para compreender a história. Eu preciso dar uma ênfase nessa capa, que é muito maravilhosa. Como é de costume nos livros de época, a narrativa é em terceira pessoa e temos o ponto de vista dos quatro personagens principais e os capítulos são intercalados com o ponto de vista de cada casal, assim vamos acompanhando o desenrolar de cada história, alternadamente. Ah, e na abertura de cada capítulo temos um trecho diferente do tão falado livro, e é como se estivéssemos lendo os conselhos de Lady R. junto com as mocinhas, o que foi bem legal.

Estou apaixonada por As Lições Da Dama Escarlate, e super indico essa história. Temos personagens mega cativantes e apaixonantes e uma trama inteligente e divertida. Em minha pesquisa, eu vi que já tem livro do Damien e eu já estou ansiosa para que a editora publique esse livro também, pois eu necessito ver mais desse personagem. Vou deixando minhas 5 Angélicas para essa história e nos vemos em breve!

2 comentários em “A Hora do Chá: ‘As Lições da Dama Escarlate – Emma Wildes’

    1. Oiee.. ah, obrigada.

      E sim, segue uma linha parecida mesmo. Se você leu o outro, então vai amar esse também. Se ler, me conta o que achou.
      Beijos

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s