A Hora do Chá ‘Prometida – Carina Rissi’

Oi ooooi gente! Estou de volta na minha coluna preferida desse blog e para dar continuidade as resenhas da Série Perdida. Lembrando que estou relendo os livros da Carina Rissi, enquanto espero pelo último que, por sinal, ela terminou de escrever. Dessa vez, Sofia e Ian ficaram de lado e deixaram Elisa e Sofia assumirem o protagonismo da trama. Antes de falar mais sobre o novo casal, vamos a sinopse.

Elisa Clarke anda um pouco entediada. Seus dias parecem iguais e os bailes há muito deixaram de trazer algum prazer a ela. Não que seja uma surpresa, pois sempre que ela está presente os eventos se tornam um desastre! E é injusto, já que ela foi uma boa moça a vida toda. Nascida em uma das famílias mais influentes, a jovem aprendeu desde pequena a respeitar as normas sociais e se manter longe de escândalos. Na única vez em que ignorou uma dessas regras acabou noiva. E foi apenas um beijo, ora bolas! Um beijo com o qual Elisa fantasiou desde que conheceu e se apaixonou irrevogavelmente pelo belo e gentil jovem médico e que, como acontece nos contos de fadas, mudou sua vida para sempre. Mas não da maneira que ela esperava. Como consequência, agora está prometida a alguém que a despreza tanto que preferiu viver em outro continente. Tudo o que ela deseja é que as coisas permaneçam assim. Mas Elisa não sabe que seu noivo está a caminho do Brasil, e ela terá de enfrentar o homem cujo coração um dia se viu forçada a partir. Destinados a ficar juntos, mas separados por seus corações, eles se envolverão em uma sinuosa dança marcada por segredos, mágoas do passado, intrigas e uma arrebatadora paixão que colocará em perigo não apenas seus sentimentos, mas a vida de ambos.

Elisa Clarke perdeu todo o amor que tinha por baile, de quando era mais jovem. Depois de seu próprio evento, que mudou o rumo de sua vida, tudo começou a desandar muito rapidamente e ir em desses significa precisar responder muitas perguntas, saber que rumores correm e que ela não sabe mais o que fazer. Afinal, três anos já passaram desde que ficou noiva e nada de casamento. Afinal, seu noivo está na Itália.

28

Mas, mesmo com a distância e com tanto tempo, Elisa não anseia a volta de Lucas para o Brasil, já que os sentimentos entre o casal morreram anos antes, quando ela precisou mentir para proteger o segredo de Sofia. Só que, o que ela não sabe ainda, é que seu noivo já chegou e não parece ter desistido do noivado e nem do casamento.

O mais irônico era admitir que eu o amei de verdade. Houve um tempo em que eu teria jurado por tudo que me era mais sagrado que Lucas Guimarães seria a pessoa que poderia preencher aqueles hiatos em minha alma. Mas tudo não passou de um sonho juvenil.

Lucas acredita que conseguiu esquecer Elisa depois de anos longe, depois de ter seu coração partido sem dor pela jovem dama, por quem tinha tanto carinho, ainda que não tivesse expressado seus sentimentos ainda. Agora que voltou do exterior, ainda espera que Elisa desista do casamento, já que não quer estar na posição de desfazer e deixar com que ela seja mais alvo de falatório. Só que sua noiva é orgulhosa e não vai recuar no compromisso marcado tantos anos antes. Mesmo que, de fato, coloque sua felicidade em cheque, já que não tem mais uma gota de amor entre eles.

Sendo assim, mesmo entre novas discussões, a certeza que serão infelizes, Elisa e Lucas sobem ao altar, interpretando o papel de pombinhos apaixonados. Mesmo que a atração esteja ali, que os sentimentos estejam ali, ambos seguem muito magoados e sem conversar. Para não deixar as coisas piores, o rapaz decide propor a ideia de um casamento platônico, mesmo que deseje mergulhar em sua esposa e não sair mais.

Isso não tinha relação alguma com o desejo de reencontrar Elisa, garantiu a si mesmo. Ela já não tinha nenhum poder sobre ele. Lucas havia se encantado com a sua ingenuidade, se deixado cegar por sua beleza. Um erro que eclipsara seu julgamento e, por consequência, terminara por destruir seu coração.

Enquanto isso, Elisa se dedica também a procurar por Samuel, um pequeno menino que vive pelas ruas e que a procura. Quando, finalmente, o encontrar, será em uma situação muito triste e isso será uma ponte de ligação entre o casal, que se une para proteger a criança. Lucas se preocupa que o jeito como sua esposa lidou contudo, a coloque em segurança e isso o tira a paz. De uma forma muito doce, eles irão mudar a vida daquela criança.

27

Entre muitos desencontros, beijos e brigas, segredos e mágoas, além do imortal amor que sentem um pelo o outro, o caminho de Elisa e Lucas terá vários acontecimentos. Eles vão descobrir coisas até mesmo relacionadas a família de Valentina, o que acaba colocando eles em um perigo que nem imaginam. Mas, o risco maior está entre o estrago que um pode fazer no outro. Basta saber se eles vão conseguir resolver todos os enganos que ocorrerão nos últimos e anos e, finalmente, conseguir o seu ‘felizes para sempre’.

– Obrigada, Samuel.
– Não precisa agradecê. É isso que os amigos fazem. Eles cuidam um do outro.

Parando de falar sobre a trama, chegou a hora de falar dos personagens. Começando por Elisa. Até aqui, tínhamos uma visão bem romântica da jovem, com ela nova – completa 17 anos em Destinado -, começando a se apaixonar, até chegar no caótico século 21. Aqui, reencontramos uma moça mais endurecida pelos rumores que enfrentou, pelo sofrimentos, pelos sonhos destruídos. Mas, também encontramos uma mulher mais forte. Elisa está pronta para não ligar mais para o que os outros pensam e pronta para embates com seu par. Gosto muito de como ela se mostra, da lealdade e amor que sente, mesmo que isso custe um pouco de sua felicidade.

Agora que vamos conhecer Lucas de verdade, já que tínhamos vislumbres muito rápidos dele nos livros anteriores. Não dá para negar que sentimos raiva de algumas atitudes dele, pelo menos, até entender onde tudo começou a desandar entre o casal tão jovem e que parecia muito apaixonado. Então, acabamos compreendendo porque ele também endureceu, mas, não dá para criar muitas desculpas para alguns comportamentos dele. Mas, ainda sim, quando o dom da conversa começa a surgir, ele se mostra um mocinho apaixonante. Fora que sua dedicação a medicina tem um motivo muito tocante.

Eu me apaixonara por Lucas quando ainda era uma menina. E me apaixonara de novo agora, quando já era uma mulher. Mas não havia distinção de uma época para outra em meu coração. O amor não mudara. Eu é que teria de mudar.

Falando sobre os secundários, preciso começar falando do nosso já amado casal, Sofia e Ian. Sofia é sempre uma pessoa incrível e eu amo como ela está sempre disposta a apoiar quem ama. Ian assume, ainda mais, o papel de irmão mais velho que cuida de Elisa acima de tudo. Temos a família de Lucas, com destaque a Rosália, sua mãe super querida, mas que é uma péssima cozinheira, e Saulo, seu irmão mais velho, que vai ouvir e dar muitos conselhos para o nosso mocinho tão turrão. Mas, quem vai roubar nosso coração é Samuel, um pequeno menino que vai ganhar as atenções do casal, que passa o cuidar dele e tentar proteger de todo o mal que o cercava. E, Marina e Analu. Sim, Elisa agora tem duas sobrinhas, que são duas preciosas crianças, muito fofas e arteiras.

721

Falando sobre a escrita da Carina, ela trás uma novidade. Além da narrativa da Elisa, em primeira pessoa, ganhamos a chance de ter os pensamentos de Lucas também, mesmo que seja em terceira pessoa. A escrita da Carina é gostosa e a gente devora páginas atrás de página. Mesmo que, nesse livro, a gente não tenha tantas tiradas engraçadas. Temos uma dose maior de drama do que nos anteriores, já que os protagonistas precisam de uma alta dose de conversa. Tiveram momentos mais densos do que outros para ler, mas a reta final é muito gosta e a parte mais fluída.

Creio que o amor seja feito disto: liberdade. Todos os dias ter diante de si inúmeras alternativas, mas acabar fazendo sempre a mesma escolha.

Na parte da diagramação, assim como a narrativa, o casal assume a capa também! Vale a curiosidade de que é a única capa dos livros da Carina, onde temos um casal! O jeito um pouco tímido da Elisa e o formal do Lucas está ali. Eu só gostaria que o vestido fosse “infernal”, como lemos tantas vezes. Por dentro, temos simplicidade. As folhas amareladas, com letras e espaçamento bastante confortáveis para a leitura.

Prometida é o quarto livro da Série Perdida e vem com um novo casal para ganhar nossos corações. Podemos sentir que o amor está ali presente, mesmo com toda falta de diálogo, confusão e enrolação que faz parte da vida de Elisa e Lucas. E, ainda que eu tenha reservado um espaço especial para esse novo casal, vou deixar quatro Angélicas.

CLASSIFICAÇÃO 4 ANGÉLICAS

Um comentário em “A Hora do Chá ‘Prometida – Carina Rissi’

  1. Olá,
    Li os três primeiros livro alguns anos atrás, antes do lançamento desse quarto livro. Adoro os livros da Carina e no geral sempre quero ler todos, mas esse, mesmo tendo, não tomei coragem ainda de pegar. Sempre que pego séries um pouco mais longas e com os mesmos personagens, ou quase isso, tenho medo de enjoar e acabar me decepcionando com o que já havia gostado.

    Beijo!
    http://www.amorpelaspaginas.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s