Especial Halloween: ‘A Gaiola de Ouro – Camilla Läckberg’

Oi gente!! Entramos no mês do Halloween e com isso vamos fazer uma série de matérias nessa vibe suspense/ thriller/ terror, então se prepare porque vai ter muita coisa boa. O meu escolhido para iniciar o especial foi A Gaiola de Ouro, da Camilla Läckberg. Eu confesso que estava louca por esse livro desde que vi a capa, mas estava adiando a leitura e nem sei bem o porquê. Só que quando finalmente comecei, eu não conseguia largar pra fazer outra coisa. Enfim, fiquem com a sinopse que eu já conto o que achei desse livro…

“A vingança de uma mulher é bela e brutal.
Jack e Faye começaram a namorar na faculdade: um garoto criado em berço de ouro e uma jovem que se esforçou para enterrar um passado sombrio. Quando ele decide criar uma empresa, ela deixa os estudos e passa a trabalhar de dia, dedicando as noites a traçar a estratégia do novo negócio.
A companhia se torna um sucesso bilionário, mas Faye se sente como um lindo pássaro preso numa gaiola, apenas cuidando da filha em casa e sendo exibida pelo marido, que toma todas as decisões da empresa. Jack agora despreza sua inteligência, esquecendo tudo o que ela sacrificou por ele.
Quando Faye descobre que ele tem um caso, a bela fachada de sua vida desmorona. De uma hora para outra, ela está sozinha, emocionalmente abalada e sem nenhum centavo – porém nada pode se comparar à fúria de uma mulher com um passado violento determinada a se vingar
Jack está prestes a receber o que merece, e muito mais.
Nesta eletrizante história de sexo, traição e segredos, Camilla Läckberg prova ser uma das vozes mais importantes do suspense mundial.”

Faye chegou em 2001 em Estocolmo como Matilda, uma jovem mulher que vinha de uma cidade pequena, que não tinha ninguém por ela e um passado que ela gostaria de manter enterrado na cidadezinha de Fjällbacka. Inteligente e decidida a ter um futuro grandioso, logo conseguiu uma vaga na faculdade de Economia de Estocolmo. É lá que parte da vida que espera ter começa a ser traçada, inicialmente quando conhece Chris, num trote da faculdade, e logo depois quando conhece Jack Adelheim.

IMG_20201016_161249

A amizade entre Faye e Chris é uma coisa instantânea e logo se tornam melhores amigas. Essa amizade seria uma das únicas coisas positivas durante a vida adulta delas. Quando Faye conhece Jack, eles sentem uma conexão, mas ela é comprometida. Logo esse namoro acaba tragicamente e ela não hesita em aceitar passar um fim de semana com Jack em Barcelona. Eles se tornam inseparáveis após essa viagem e Faye se torna a maior apoiadora do sonho grandioso dele.

Jack faz parte de uma família aristocrática, mas que há gerações está falida. Seu pai afundou mais ainda o nome da família e hoje ele só deseja ascender e levar o bom nome da família ao topo da sociedade sueca novamente. Ele não tem dinheiro, mas sonha grande e é Faye quem vai ajudar que ele consiga realizar cada uma de suas metas, já que nem ele, nem seu melhor amigo e sócio, Henrik Bergendahl, estão conseguindo transformar seu empreendimento numa fonte rentável.

“A escuridão dentro dela estava saindo do lugar onde ficara enterrada. Em outro tempo, em outra vida. … Fechou os olhos, tentando voltar ao seu normal. Mas o passado a havia alcançado, mostrando-lhe sua fragilidade. Quem ela realmente era.”

Faye acredita totalmente na ideia do namorado e como eles precisam se dedicar totalmente à isso, ela trancar a faculdade, passa a trabalhar em horário integral para sustentá-los até que a ideia decole e ela possa retornar ao estudos. É dela a ideia do nome da empresa, Compare, e além disso é responsável por projetar o modelo de negócios. Não demora muito e a Compare se torna uma empresa rentável, tão rentável que eles podem se dar ao luxo de se classificarem como milionários, então Jack a convence a não voltar para a faculdade.

Alguns anos depois, eles parecem viver a vida perfeita. Faye agora é a senhora Adelheim, a esposa troféu e mãe de uma filha perfeita, mas debaixo da superfície de perfeição, temos um casamento que está se arrastando. Jack já não é o homem amoroso que era antes e Faye já não é a mulher espontânea e alegre. Eles mudaram, ele é frio e distante, enquanto ela tenta de todas as formas manter esse relacionamento. Vai ficando claro que ela se anulou completamente para que o marido conquistasse o sucesso, então quando descobre a traição de Jack, Faye sente seu mundo ruir.

IMG_20201016_161522

Faye sai do casamento sem nada, sem direito a casa ou participação nos lucros da empresa que ajudou a fundar e até a filha fica para trás, já que o ex-marido tem residência fixa e um emprego estável e ela não. É a sua amiga Chris quem lhe estende a mão e jura ajudá-la no que precisar e essa amizade vai se provar ser uma das ancoras de Faye nesse mundo. Quando ela está desmoronando é Chris quem está lá para segurar Faye e depois a própria se mostra muito digna dessa amizade. Depois de alguns dias na fossa total, ela levanta a cabeça e começa a dar um rumo na sua vida e é aí que a história dá uma girada total e isso me dá um gancho pra fechar o bico.

Esse livro tem muitas coisas que precisam ser guardadas e descobertas apenas quando estamos lendo. Sendo assim, vou comentar um pouco sobre as minhas impressões e nada mais sobre o enredo. Outra dica é que você convença a alguém a ler esse livro também, pois quando acabar você com certeza vai querer comentar cada capítulo. Eu não tive isso, mas vou tentar falar brevemente e evitar todos os spoilers mais bombásticos. A Gaiola de Ouro tem três partes e no início de cada uma delas temos um trecho de algo que ainda vai acontecer e que já nos prepara para uma tragédia.

“Aquela que se encolhia e se escondia nas sombras. Aquela que se curvava sob o peso de tantos segredos. Então me endireitei e me olhei no espelho. Nunca mais.”

Faye é uma personagem muito complexa que ao mesmo tempo que desperta nossa simpatia, a gente se pega pensando do porquê querer arrumar defesa para ela. Através de pequenos trechos de seu passado vemos que ela veio de uma família com histórico de violência e tragédia e por isso abandonou tudo para recomeçar em Estocolmo. Quando ela inicia o romance com Jack já percebemos a obsessão que Faye tinha por ele, então pra mim nunca foi um relacionamento saudável. Ela fez tudo que estava ao seu alcance para construir uma vida com ele e até aí não há problemas, mas muitas vezes ela usou meios escusos para isso.

Faye é tão mocinha quanto vilã nessa história. Ela foi a moça inocente que levantou o marido, mas ela também foi a mulher sem escrúpulos e capaz de qualquer coisa para se vingar dele. A linha é muito tênue entre os dois momentos e a autora teve uma jogada maravilhosa ao escrever esse enredo porque ficamos realmente divididas entre o choque das atitudes dela e ao mesmo tempo, ela nos faz refletir sobre o porquê de Faye estar fazendo tudo isso. E pior é que eu arrumei uma desculpa para cada atitude que ela teve para se vingar de Jack.

IMG_20201016_162356

“Você sabe o que todas querem? Vingança. Todas as nossas irmãs, humilhadas por idiotas, por todos os maridos infiéis que nos trocam por outras mais jovens. Por todos os homens que nos usaram, nos menosprezaram e nos traíram.”

Enquanto Faye nos desperta sentimentos controversos, Jack só conseguiu ódio da minha parte. Ele é um lixo de ser humano. Se tornou um homem de negócios reconhecido mundialmente e tudo isso com a ajuda da então namorada e quando se cansou, a chutou sem nada. Agora uma personagem que teve o meu amor todinho foi Chris. Que mulher! Desde o primeiro momento já mostrou ao que vinha e não decepcionou. Chris é forte, inteligente e empoderada. Ela é aquela pessoa que a gente quer ter como amiga para o resto da vida e meu coração ficou apertado por ela em vários momentos. 

A edição de A Gaiola de Ouro está lindíssima. Essa capa com letras em dourado, que lembram tanto o ouro, deixou impactante. E esse perfume? Totalmente Faye e seu momento de ascensão e vingança. A diagramação é bem simples, mas tem fonte e espaçamento confortáveis para leitura. Como eu falei ainda pouco é dividido em três partes, com destaque dos eventos futuros em cada uma delas. Já a narrativa é feita em primeira e terceira pessoa, mas somos jogados em três linhas temporais diferentes (passado em Fjällbacka e os primeiros anos em Estocolmo; o presente e o futuro). A Editora Arqueiro lançou esse livro com um de seus Pins e está uma fofura. 

IMG_20201016_161401

A Gaiola de Ouro é sem dúvidas um dos melhores thrillers psicológicos desse ano, não que eu tenha lido muito deles, mas sem dúvida Camilla Läckberg mostrou aos leitores brasileiros a que veio. O livro pode se mostrar um pouco arrastado no início, já que temos mais curiosidade pelo passado de Faye, mas a partir da segunda parte, a história se torna viciante. Algumas coisas ficaram sem resposta ou foram deixadas no ar pela autora e eu estou esperando que sejam explicadas no próximo livro, isso mesmo, tem próximo livro. A editora já confirmou a publicação de Asas de Prata em 2021. Eu indico esse livro para todo mundo que gosta de uma trama recheada de reviravoltas, traições, vinganças e personagens que despertam ódio e simpática. Fica a dica: tem relacionamento abusivo sim e muitos gatilhos. Sendo assim, Faye vem pegar minhas 5 angélicas. 

CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s