Terça Charmosa: ‘Britânico Atrevido – Jennifer Woodhull’

Oi gente!! Estamos de volta com mais uma Terça Charmosa e hoje é dia de Britânico Atrevido, segundo livro da série A Cocky Hero Club, que é inspirada em Cocky Bastard, das divas Vi Keeland e Penelope Ward. É o primeiro livro da Jennifer Woodhull no Brasil e já posso dizer que amei essa primeira experiência, porque a autora entregou uma história divertida, muito sensual e com um romance imperdível. Já falei demais, então fiquem com a sinopse…

“O sotaque britânico deveria ser acompanhado por um aviso de “perigo”. Quando vem na forma de uma voz grave de barítono de um homem sexy e abusado, só nos resta assinar um documento entregando os pontos. A maioria dos corretores não quer saber de propriedades para locação de curto prazo, mas, desde que a minha sócia sumiu levando a minha lista de clientes, preciso de todas as oportunidades que aparecerem na minha frente. E é aí que entra em cena um Camden Reid absurdamente sexy e totalmente irritante. O executivo presunçoso achou defeito em todos os imóveis que mostrei a ele. Pequeno demais. Feminino demais. Longe demais de um pub de verdade. As exigências dele eram ridículas, e eu mal podia esperar para me ver livre dele e das suas linguiças britânicas. Mas, em algum ponto entre a primeira e a zilionésima propriedade, ficou impossível ignorar a atração que eu estava sentindo por Camden. Assim que as exigências malucas dele finalmente foram satisfeitas, o deus grego arrogante propôs que estreássemos a sua nova e temporária casa. Mal sabia eu o quanto ficaria viciada em Camden, ou como o tempo que passaria com ele seria inesquecível. Afinal, eu sabia que o nosso relacionamento tinha um prazo de validade. Tudo o que é bom precisa terminar, não é? Só que eu não esperava pelo nosso final.”

Quinn Whitley é uma jovem empresária do ramo imobiliário e que estava com a carreira em ascensão, até sua sócia e suposta amiga, se desligar da empresa levando todos os clientes assim como todos os seus corretores. Ela ficou apenas com sua assistente e com as contas que precisarão ser pagas em breve. Felizmente uma oportunidade surge através de uma das corretoras que a deixou. A mulher deixou um contato de uma empresa que procura locações de curto prazo para estrangeiros que estão no país a trabalho, e ela achou que Quinn poderia se reerguer, fechando negócio com esta empresa.

IMG_20210727_163151

A moça está desesperada para conseguir um bom cliente, então quando essa oportunidade surge, agarra com todas as forças. Felizmente o contrato é acertado e Quinn já tem seu primeiro cliente. Um bilionário britânico que vem para Providence e deve ficar por uns seis meses, que não deseja viver num hotel durante esse tempo e que tem uma lista de preferências bem estranha para alugar um imóvel. Ela sabe que vai ter que trabalhar duro para agradar esse cliente, mas não tem medo de trabalhar, principalmente porque o destino de sua pequena imobiliária depende disso.

“O músculo cresce quando ele se machuca. Quando isso acontece, ele cresce de novo, mais forte e maior. É isso que você está fazendo agora. O músculo do seu negócio está machucado, rasgado, e agora você vai descobrir que ele vai ficar mais forte do que antes.”

Camden Reid conquistou o sucesso no ramo empresarial ainda muito jovem. Junto com seu sócio e melhor amigo, estão para conseguir mais um passo em suas carreiras, mas para isso ele vai precisar viajar aos Estados Unidos para fechar o negócio. O problema é que o homem odeia a América, mas precisará passar no mínimo seis meses por lá. Já que não tem outra escolha, decide que não quer viver num hotel neste período, então manda uma lista de coisas que são necessárias para que ele alugue um imóvel. Se vai viver no país, pelo menos que seja de uma forma confortável e que lhe remeta à Londres.

Quando Quinn finalmente encontra com seu cliente, simplesmente sabe que está encrencada. Ele é terrivelmente bonito e sexy e, para completar, tem aquele sotaque britânico. Mas ela está determinada a resistir, pois, jamais em tempo algum, envolve negócios com prazer e seu negócio depende diretamente de encontrar um bom lugar para Camden morar. Fora que ele vai facilitar muito que eles não tenham um envolvimento, já que, a principio, Quinn o acha muito mal educado e folgado, mas isso acaba o tornando mais atraente. Que droga! Mas não seria um bom romance, se as coisas entre eles não mudassem, certo?

IMG_20210727_163425

“Ele é britânico? Meu Deus. Ele abre um sorriso largo e, minha nossa, esse sorriso é letal.”

Com o passar dos dias, a busca pelo imóvel perfeito vai se tornando cada vez mais complicado, mas a relação entre os dois começa a fluir. Quinn deixa muito claro que não se envolverá sexualmente com Camden durante esse período em que ele é um cliente, mas aos pouco uma amizade verdadeira surge entre eles. A química é latente e a tensão sexual está sempre presente, mas Cam respeita muito a decisão de Quinn. Entre as viagens dele para Nova York, a corretora continua as buscas e é exatamente quando ele está fora de Providence, que a moça encontra o local perfeito e com isso o homem lhe dá um ultimato: assim que voltar vai assinar o contrato, e adeus relacionamento profissional entre eles.

Enfim, já contei muito da história, então vou comentar um pouquinho sobre os personagens, começando com Quinn. Ela é uma jovem mulher super independente e que apesar de querer construir uma família, primeiro deseja conquistar o reconhecimento profissional. Perdeu o pai ainda criança e viu a mãe se casando diversas vezes, mas nada durava porque a mulher tinha perdido o amor da vida dela, e isso sempre mexeu muito com Quinn. Ela deseja encontrar esse tipo de amor, mas ao mesmo tempo tem muito medo de perder, assim como aconteceu com a mãe. Quanto mais vai conhecendo Camden, mais vai percebendo que ele pode ser exatamente o estava procurando. O problema é que esse relacionamento tem prazo de validade. Logo ele voltará para Londres.

“Estou me apaixonando por um cliente. Pior: estou me apaixonando por um homem que mora a quase cinco mil quilômetros daqui. O pior de tudo? Não sei como parar tudo isso.”

E falando de Camden, eu já começo dizendo: Q.U.E H.O.M.E.M! Eu amo livro com britânicos, porque assim como Quinn, eu acho o sotaque super sexy. E Cam não é apenas um cara bonito e sensual, ele é inteligente e gentil. Acreditava totalmente que seria para sempre um solteirão e que o amor era uma grande besteira, mas se viu cada vez mais encantado pela simplicidade de Quinn. Ela sabe o quanto ele é rico, mas nunca se interessou por essa parte dele. E meu Deus, eu posso tá surtando, mas Camden me lembrou os libertinos, dos meus amados romances de época, já que num muito estava jurando nunca se apaixonar e no outro estava totalmente de quatro pela Quinn.

IMG_20210727_163536

E não só de protagonistas se faz um livro e aqui temos um núcleo secundário muito bom, a começar pelas amigas de Quinn. Além de serem muito engraçadas, são amigas pra todas as horas. Nos momentos em que nossa mocinha mais precisou, elas estavam lá pra ela. Mas o núcleo se tornar mais interessante ainda, porque temos uma participação pra lá de especial. Como eu disse lá na introdução, esse livro foi inspirado na série das autoras VinPen, mais especificadamente em Amante Britânico. Cam é irmão de Calliope, a melhor amiga de Simon, então teremos muito do casal Bridget e Simon. Os dois aparecem muito na história justamente por causa dessa amizade entre os irmãos Reid e o médico. E foi muito incrível ver como o casal está e como ainda se amam tanto.

“Muito bem. Então está muito claro. Como seu amigo e profissional médico, o meu diagnóstico é que você está com um caso sério de paixão por ela.”

Britânico Atrevido é o segundo livro da série A Cocky Hero Club, mas é o primeiro livro da autora Jennifer Wooddhull no Brasil, e eu amei muito a escrita dela. Eu não sei como é o processo para escolher as autoras que vão integrar esse projeto, mas elas se encaixam perfeitamente. É quase como se a gente continuasse a ler os livros escritos pelas próprias Vi Keeland e Penelope Ward, de tanto que as histórias se encaixam. A escrita da Jennifer é super fluida, cheia de bom humor e de personagens carismáticos. E falando da edição nacional, a Editora Charme mais uma vez merece os parabéns por continuar nos presenteando com esse universo e ainda trazendo as capas originais que são maravilhosas. A diagramação é linda e confortável, sem falar do marcador maravilhoso que sempre acompanha seus livros.

IMG_20210727_163642

“O jeito como ela me olha quando fala as palavras que esperei ansiosamente para ouvir? É isto! Este momento, bem aqui. Esta é a verdadeira sensação de vitória.”

Esse livro foi uma grata surpresa, porque mostra que é possível um crossover escrito por autoras diferentes dar super certo. É descontraído, leve e fofo, mas ao mesmo tempo é super sexy. Até quase metade do livro os dois não estão envolvidos num relacionamento sexual, mas o jogo entre eles esquenta tudo ao redor. É divertido ver os dois tendo as conversas mais safadas, mas tentando demostrar profissionalismo. Quinn dá uma deslizada quase no final por supor o que Cam faria, mas eu tô aqui com meu paninho pronto pra passar e dizer que ainda sim a leitura foi maravilhosa. Adoro o crescimento pessoal de cada personagem, principalmente do Camden. Pra mim, ele foi o personagem que mais evoluiu na trama e isso só me fez amar mais essa história. Enfim, eu indico esse livro para quem gosta de tramas leves, com personagens apaixonantes e que recheado de sensualidade. Deixo minhas 5 Angélicas e volto semana que vem com mais uma #TerçaCharmosa. Até lá ❤
CLASSIFICAÇÃO 5 ANGÉLICAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s