Especial Halloween: ‘Você – 2ª Temporada’

Oi gente!! A nossa Semana do Terror mudou um pouquinho e agora passou a se chamar Especial Halloween, assim podemos trazer matérias nesta temática durante mais dias de outubro. E para estrear o especial deste ano temos: Você (You). A série está de temporada nova e como a segunda temporada estreou bem naquela época de natal (26 de dezembro), eu acabei me enrolando e esquecendo de trazer a crítica para vocês. Um pouquinho atrasada, mas vamos falar agora de acontecimentos das temporadas 01 e 02, o que é bom que já dá uma revisada para sentar e maratonar a terceira, certo? Confesso, que estava bastante curiosa pela nova obsessão de Joe e de como ele lidaria com a volta de uma ex-namorada, sem falar do que poderia acontecer a ele depois de Beck. Antes de falar mais, fiquem com a sinopse e trailer…

“O nome é Will Bettelheim, mas você o conhece como Joe. Ele se mudou para Los Angeles para evitar o amor. Mas, assim como os crimes do passado, o amor está sempre presente.”

A Primeira Temporada de Você foi ao ar em 2018 e transmitido mundialmente pela Netflix, mas a série foi produzida pelo canal Lifetime. Só que o canal vendeu os direitos para a plataforma de streaming e a série foi um verdadeiro fenômeno assim que estreou mundialmente. Segundo dados da própria empresa, mais de 40 milhões de contas no mundo assistiram à Primeira Temporada nos primeiros 30 dias, então não foi surpresa que eles renovassem para um segundo ano antes mesmo da série estrear no streaming. A colossal trama que deu vida a série foi escrita pela autora Caroline Kepnes, mas as mentes talentosas de Sera Gamble e Greg Berlanti que foram responsáveis por transformar os personagens criados por Kepnes naqueles que conhecemos na TV.

Voc-YOU-2-temporada-1024x585

Ele chegou e, senhores, eu fui muito surpreendida com um Joe mais reflexivo e com uma narrativa apresentando em flashbacks o seu passado e como ele começou a trabalhar na livraria. Para quem não assistiu nem mesmo um trailer de Você, eu vou explicar rapidinho do que se trata a trama da série. Joe (Pen Badgley) é um gerente de livraria, charmoso, inteligente e educado. Apesar de parecer um esquisitão, não é difícil se apaixonar pela personalidade dele e foi isso que aconteceu com Beck (Elizabeth Lail). Só que Joe se esconde na faixada de bom moço e acaba se tornando um stalker de Beck e mostrando que poderia fazer qualquer coisa em nome do ‘amor’ que sente por ela, inclusive matar. E digamos apenas que ele vai fazer isso… algumas vezes.

Com a temporada sendo encerrada com um episódio eletrizante, o segundo ano da série chegou com um Joe atormentado pelo passado, que ressurge através de Candace (Ambyr Childers). Ela sabe tudo sobre ele, pois ela já foi uma Beck, então decide sair do passado e principalmente da faixada de ex-namorada morta, para jogar as cartas na mesa. Ela não só ameaça Joe, como o deixa aterrorizado, pois ele tinha certeza que a moça estava morta há algum tempo. Com a volta de Candace, o livreiro não vê outra alternativa que não seja fugir para bem longe e deixar todo o passado com suas ex-namoradas para trás, então vai embora do Brooklyn, Nova York, assim como sua identidade como Joe.

You-segunda-temporada-1

Ele vai para Los Angeles e se torna Will Bettelheim. Acredita que deixou tudo para trás e que nunca será encontrado, já que Candace nunca procuraria por ele numa cidade tão cheia de pessoas superficiais como Los Angeles. Aparentemente, Joe se desintoxicaria de suas ações do passado, mas já o encontramos repetindo os mesmo erros ao sequestrar e roubar a identidade do verdadeiro Will Bettelheim (Robin Lord Taylor). Só que Joe justifica tudo com o “estou fazendo isso para o bem”. Ele precisa se camuflar numa nova cidade e não pode fazer isso usando seu verdadeiro nome, então encontra alguém com o nome limpo e principalmente, que não esteja em nenhuma rede social. Ele consegue alugar um apartamento e até mesmo um emprego, mas as coisas não serão tão fáceis para Joe, já que Will não é tão honesto assim, e também tem seus próprios problemas.

Agora ele vai precisar lidar com tudo isso bem na hora que conhece sua nova obsessão, que ironicamente se chama Love Quinn (Victoria Pedretti), uma milionária e chef de cozinha. Joe/ Will está trabalhando no mini mercado/ bistrô da família de Love e ‘inocentemente’ se aproxima da moça e acaba ‘apaixonado’ por ela, mas temos um grande problema nesse novo amor: a chef não tem rede social. Joe fica desesperado porque assim ficará mais complicado saber por onde anda, não tem como dar daquela bisbilhotada, então ele terá que usar outros meios. E quando a gente achava que essa nova paixonite tinha acontecido concidentemente eles trabalharem juntos, somos lembrados de que nada para Joe é coincidência. Ele já tinha visto Love e até mesmo seguido algumas vezes, então ir trabalhar no local já fazia parte de seus planos.

you-204-unit-01049r-1576699657

Infelizmente quanto mais se aproxima de Love, mas seu passado começa a ressurgir e começam a surgir os plots e alguns deles, eu não estava preparada. Fomos apresentados a novos personagens e alguns serão vítimas diretas de Joe, mas novamente vejo o roteiro tentando humanizá-lo ao desenvolver um relacionamento verdadeiro com a adolescente Ellie (Jenna Ortega), assim como foi com Paco na primeira temporada. A menina é irmã de Delilah (Carmela Zumbado), síndica do prédio onde ele alugou um apartamento, e passa a observar seu novo vizinho, sempre puxando assunto e tentando descobrir um pouco mais sobre ele. Joe realmente se importa com Ellie, mas evita aproximação, não só com medo de seu disfarce ser descoberto, mas porque sente a desconfiança da síndica sobre ele. Tudo que ele não precisa, é ter que se livrar de alguém inocente.

Nem tudo são flores e sabemos que Joe está agindo da mesma forma que sempre foi, então o ritmo da série começa a se tornar eletrizante e muito por causa da nossa nova protagonista: Love. A moça aparentemente é mais uma das ‘presas’ de Joe, mas aos poucos vamos descobrindo que ela não é tão inocente assim, mas uma mulher com uma personalidade bastante controladora. Enquanto ele vai descobrindo essas facetas de Love, ele vive na linha tênue entre estar apaixonado e obcecado por ela. E o roteiro é tão bom, que o público é direcionado a acreditar que ele realmente mudaria por este novo amor, mas não demora muito para que sejamos lembrados de quem ele realmente é: um assassino, psicopata, capaz de mentir para qualquer um, até mesmo para nós.

voce-netflix-1219-1400x800

Pen Badgley é a grande estrela dessa série. Ele conduz seu personagem com tanta qualidade que a gente se pega envolvido pela teia de mentiras dele, principalmente por causa de suas conversas consigo mesmo. Desde a temporada anterior, o ator já demonstrava que tinha vestido completamente a personalidade de Joe, mas assim que o público não soube discernir que o personagem estava além da redenção, ele foi o primeiro a se pronunciar avisando que Joe é um psicopata e por tanto não é o mocinho da história. Seu par nesta temporada deu uma cara nova a série, pois trouxe uma dinâmica muito diferente do que foi Joe e Beck. Love não é superficial e o relacionamento co-dependente dela com seu irmão gêmeo, Forty (James Scully) também trará uma movimentação entranha e tensa a trama.

Você/ You chegou para um segundo ano tentando trazer uma salvação para Joe, é como se ele quisesse verdadeiramente se redimir do que fez a Candace e Beck, mas a gente sente isso justamente por termos apenas a perspectiva dele. A série é toda narrada por ele, então acabamos sendo levados a enxergar tudo da forma que ele quer que vejamos. É genial, mas não podemos esquecer que estamos vendo um produto fictício e que num mundo real todas as subtramas da série são extremamente problemáticas. Joe nunca foi e nunca será um mocinho. Ele não é romântico e mesmo que ele tenha salvado Ellie num dos plots, isso não apaga todos os crimes que ele cometeu. Sejamos sensatos para ter este discernimento e assim poder aproveitar o que o show oferece. Enfim, You voltou na última sexta-feira (15 de outubro) e já ocupa lugar de destaque entre os mais vistos da Netflix e é claro que estarei de volta muito em breve para comentarmos sobre este terceiro ano de série.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s