Resenha: ‘Eternidade? – Gail Carriger’

Oi gente!! Hoje trago o último livro da série O Protetorado da Sombrinha, o livro Eternidade?  da Gail Carriger lançado pela nossa parceira Editora Valentina… e ai, eu tô de luto, tô sofrendo e precisando de um vinho pra superar essa ressaca literária. Pra quem tá chegando agora, segue os links das resenhas dos livros anteriores: Alma?, Metamorfose?, Inocência? e Coração?. Lembrando que esse é o quinto livro de uma série, portanto terão spoilers dos livros anteriores. Enfim, é com muita tristeza por esse término, misturada com muita ansiedade pelo final dessa história que me cativou tanto, que eu chamo a sinopse: 

“Enfim a saga de Lady Maccon chega ao fim; afinal, nem mesmo os imortais aguentam mais tanta vida.
Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Alexia Tarabotti, Lady Maccon, finalmente encontrou a felicidade doméstica. Desnecessário dizer que, em se tratando dela, essa felicidade inclui algumas imposições, como integrar lobisomens à alta sociedade londrina, morar no terceiro melhor closet de um vampiro e lidar com uma garotinha precoce que tende a se transformar em sobrenatural com ou sem o consentimento dos pais. Mas essa existência paradisíaca só dura até Lady Maccon receber uma convocação que não pode ser ignorada. Com o marido, a filha e uma companhia de teatro a reboque, a preternatural embarca em um navio a vapor para atravessar o Mediterrâneo rumo ao Egito. Só que ali há mistérios que surpreendem até mesmo nossa indomável heroína. O que será que a rainha vampiro da Colmeia de Alexandria realmente quer dela? Por que a Peste Antidivindade começou a se expandir de repente? E como Ivy conseguiu se tornar a atriz mais popular do império Britânico, da noite para o dia?” 

Bom, Eternidade? se passa dois anos depois do término do livro Coração?, e nos mostra a nova rotina na casa de Lord Akeldama e da Alcateia do Casal Maccon. Rotina essa que se baseia basicamente em tentar manter todos a salvo da filha de Alexia e Conall. E o livro já começa assim, com o nosso casal se arrumando para ir ao teatro  e sendo interrompidos por Floote e, logo em seguida, por um dos zangões de Lord Akeldama, avisando que é a noite do banho e que as coisas estão fora do controle. 

Acontece que a filha de Alexia é metanatural, antigamente conhecida como “usurpadora de almas”. Ao passo que Alexia, sendo preternatural, anula as forças sobrenaturais com seu toque, Prudence Alessandra Maccon Akeldama, ao tocar um ser sobrenatural se transforma nele e o ser sobrenatural em questão, se torna mortal. Ou seja, se ela toca um lobisomem ela vira um lobisomem, se ela toca um vampiro se transforma em vampiro. A única coisa que consegue neutralizar Prudence é o toque preternatural de Alexia (eu juro que com o decorrer da leitura todos esses termos terminados com “natural” (que de natural não tem nada) ficam fáceis de entender sem se confundir rs). 

“Um contato com a mortalidade por noite é mais do que suficiente para mim. É uma sensação desconcertante o toque da sua filha. Não é como o seu” 

a805e44a-5d4b-4a74-a480-5fab00c204b8.jpg

Agora eu te pergunto: Quem diria que uma criança de dois anos ia passar a perna em sobrenaturais de séculos de idade? Pois é, ela taca o terror mesmo! Nenhum ser sobrenatural pode tocá-la durante a noite que o inferno se estabelece, mas ainda no meio de todo o Furacão Prudence, podemos sentir o amor e o carinho que todos os envolvidos têm por esse monstrinho em forma de criança. 

“Quando ficasse mais velha e sensata, a mãe pretendia submetê-la a alguns exames controlados, mas, àquela altura, todos na casa apenas tentavam sobreviver” 

Voltando à história, depois de, finalmente, Alexia conseguir neutralizar o ataque de Prudence, ela e Conall seguem para o teatro para ver a estreia da peça do Casal Tunstell. No intervalo da peça mais horrível que eles já assistiram na vida, Madame Lefoux entra no camarote deles com uma mensagem da Condessa Nadasdy, Rainha da Colmeia de Woolsey, que está solicitando a visita do casal na colmeia.  

Quando eles passam em casa, antes de ir para a Colmeia de Woolsey, eles recebem a visita inesperada de Lady Kingair, Alfa da Alcateia de Kingair, na Escócia (aquela que aparece em Metamorfose?) e ela conta que seu beta, foi para uma missão no Egito e desapareceu. Ela precisa da ajuda de Conall e do DAS (Departamento de Assuntos Sobrenaturais) para tentar encontra-lo. Com esse mistério em mente, Alexia vai para Woolsey onde ela recebe a notícia de que a Rainha Matakara da Colmeia de Alexandria quer conhecer a mais nova metanatural existente e está convocando Alexia e Prudence para uma visita a ela, no Egito.

E já que tudo indica que o próximo destino do casal é o Egito, é pra lá mesmo que eles vão. E como eles não viajam se não for com as companhias mais estranhas possíveis, Alexia chama Ivy e a sua companhia de dez atores para ajudar a disfarçar o real motivo da viagem. Já conseguem imaginar toda a confusão em que eles vão se meter, né? Pois bem, eles não me decepcionaram e preciso dizer que fiquei querendo mais. 

Nessa viagem, Alexia acaba descobrindo várias coisas que ficaram em aberto nos livros anteriores e parece que tudo leva aos atos do seu pai e, o fiel mordomo da família Tarabotti, Floote. Fica um clima de suspense e ansiedade pra saber tudo que aconteceu e como Alexia vai concertar tudo isso. O desfecho de toda essa história me deixou de queixo caído, várias surpresas e sustos esperam quem pretende ler esse livro em algum momento rs. Parece que ninguém é quem aparentava: quem é do bem parece estar fazendo coisas do mal; quem aparentemente é do mal, acaba não sendo tão do mal assim….e quem é do mal, fica mais do mal do que nunca… Deu pra perceber que esse livro me deixou maluquinha, né? 

Uma coisa que preciso comentar é que temos um novo integrante no Protetorado da Sombrinha (eeeeeeh!!! \o/), não vou falar quem é, mas vou adiantar que foi uma grande surpresa. No momento que a Alexia recruta essa pessoa, eu fiquei sem entender bem qual o sentido daquilo, mas no decorrer do livro eu entendi e esse novo integrante se mostra muito merecedor dessa honra. 

O personagem que eu vou destacar nessa resenha é o senhor Rabiffano, conhecido como Biffy, o mais novo integrante da alcateia dos Maccon e ele é um dos personagens mais importantes desse livro. Quando o casal Maccon sai de Londres, rumo ao Egito, Biffy, ao lado do Professor Lyall, toma conta de tudo sobre a alcateia e continuam as investigações sobre o caso da alcateia de Kingair. E, aiii eu preciso dar esse spoiler do amor: Biffy e o Professor Lyall se envolvem no decorrer do livro e eu fico apaixonada pelo romance deles. As partes em que eles aparecem no livro, são narradas pelo ponto de vista do Biffy e essa acabou sendo a minha primeira experiencia com uma leitura de romance homossexual e isso foi muito especial, pra mim. Os dois são lindos juntos e eu já quero um livro inteiro sobre eles. 

O romance no casamento de Alexia e Conall está muito maravilhoso nesse livro e, SIM, eu finalmente perdoei Lord Maccon por tudo. Ele quase me matou do coração nesse livro e todo ressentimento pelas atitudes deles morreram e eu quase morri junto. Agora, em Eternidade?, fica muito claro todo o amor que um sente pelo outro. Como eles são meio rudes no jeito de ser, acabou faltando um pouco de demonstrações de carinho nos outros livros, mas nesse livro não restam dúvidas de que esse amor existe sim e me deixou emocionada em vários momentos dos dois juntos. 

“A preternatural considerava o toque do marido tão fundamental para a sua rotina diária quanto chá. Talvez até mais difícil de abrir mão.” 

E como eu estou me sentindo com o término dessa série que me surpreendeu tanto? Tô querendo mais rs. Na verdade, eu acho que ficou faltando algumas coisas, ficou faltando desfechos para personagens secundários que foram essenciais para toda a história e que no final, fiquei pensando “Mas o que aconteceu com fulano?”, “E ciclano, foi punido por tudo que fez?”, “E tal casal, como ficarão? Juntos? Separados?”… O final da família Maccon ficou bem claro, mas senti que faltou um final para outros personagens também. Acho que a autora poderia ter desenvolvido esse final um pouco mais ou, talvez, eu que não estou aceitando o final dessa série e estou querendo mais um livro… (pode ser isso também rs).

Bom, como eu disse nas resenhas anteriores, eu recebi esse livro de parceria da Editora Valentina e eu finalmente tive o gostinho de ler o livro físico. E posso dizer que tô bem apaixonada rs. A capa é linda e remete à história que será contada no livro. Os capítulos, assim como nos e-books são bem destacados e começam com títulos engraçados e com fontes diferentes para se destacarem. Uma novidade que eu adorei, foi que todas as folhas têm um polvo onde fica a numeração das páginas, esse polvo aparece em vários momentos em todos os livros e eu adorei ter a visualização de como ele realmente é.

50c886f4-87d1-4c1f-9100-b61daa76be0e (1)

E assim, com muita dor no coração, deixo minhas 4 angélicas para o desfecho dessa série de Steampunk tão querida por mim, que vai deixar muita saudade. E aí? Já leu essa série? Tem interesse em ler? Me conta tudo aqui nos comentários.CLASSIFICAÇÃO 4 ANGÉLICAS

25 comentários em “Resenha: ‘Eternidade? – Gail Carriger’

  1. Oi, Leti! Tudo bem?

    Lembro que comentei na resenha de um desses livros e disse o quanto acho as capas bonitas. No entanto, dessa eu não gostei.
    Acho que disse também que eu não leria esses livros depois que li mais sobre eles, resenhas positivas, inclusive, porém são histórias que não me convidam. No entanto, parece engraçado pensar numa criança de dois anos sendo um herói, consigo perceber uma parte para rir nessa situação? Não por ser uma criança, mas a forma como você escreveu pareceu algo que me faria rir no livro.

    E sobre os finais dos personagens secundários, acho que me incomodaria também, embora a depender da história a gente não precise ter a resposta de fato.

    Calma, não chora. Já, já você encontra outra série para se entregar, rs.

    Bjão.

    Diego| Blog Vida & Letras
    http://www.vidaeletras.com.br
    |Tem sorteio de aniversário no blog,
    valendo 4 livros + brindes.
    Participe: https://bit.ly/2rUVgkb

    Curtido por 1 pessoa

    1. Di, essa criança com certeza me fez rir kkkk
      Entendo a questão de o tema não atrair, também não é meu estilo. Mas foi uma surpresa muito feliz pra mim, me apaixonei real ❤

      Curtir

  2. Eu li as resenhas de todos os outros livros da série, e já disse e digo novamente que preciso muito ler esta série! Uma pena que neste final tenha faltado algo. Assim que eu puder irei ler, e espero gostar tanto quanto você (só não quero ficar de ressaca também quando acabar a série haha)
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

    1. hahaha…a ressaca é boa! Sinal que o livro foi bom. Pelo menos, pra mim, é assim. Só tenho ressaca de livros que eu gosto de verdade 😉

      Curtir

  3. Parabéns pela descrição, quase eliminou a necessidade da leitura da obra. Parece que são muitos os elementos do fantástico (vampiros, lobisomens, pretenatural, protetorado da sombrinha, etc). A pergunta que gostaria de fazer é, de que forma esse excesso de elementos impactou o enredo? Parabéns de novo.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ah Felipe, só lendo o livro pra saber rs. Por isso te garanto que a minha descrição na resenha não elimina de forma nenhuma a necessidade da leitura da obra. Só lendo pra ter a experiencia de ver todos esses elementos se conectarem de forma fantástica 😉

      Curtir

  4. Primeiro, sei como é esse sentimento de ”acabou? é isso? e agora como eu vou viver?”
    Sobre a resenha, super completa e bem redigida. Não sei se lerei os livros mas adorei conhecer.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Que blog lindo e maravilhoso!
    Adorei e já estou te seguindo!
    Sobre o livro…já adorei quando li lá em cima “nem mesmo os imortais aguentam mais tanta vida.” Fiquei muito curiosa para saber mais sobre os outros livros e também sobre este livro que achei muito legal.
    Parabéns pela resenha ela é ótima!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ai que amor!!! Obrigada por amar o nosso blog e seja muito bem-vinda! rs
      Espero que goste dos nossos posts tanto quanto nós gostamos de escrevê-los para vocês 😉

      Curtido por 1 pessoa

  6. Oi Letícia, tudo bem?
    Ainda não li esta série, mas tenho muita curiosidade em realizar a leitura, pois parece que possui um excelente enredo. Confesso que fiquei um pouco perdida em sua resenha, mas isso se deve ao fato de não ter acompanhado as anteriores e não conhecer a história a fundo. Mesmo assim, consegui ficar curiosa e querendo saber mais, graças ao seu frenesi. Excelente resenha, com excelentes pontos abordados, tantos os positivos, como os negativos. Parabéns!

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Alice, tudo bem e você?
      Que bom que te deixei curiosa para saber mais sobre essa história que foi uma experiencia tão incrível pra mim!
      Realmente fica difícil entender tudo pela resenha do último livro de uma série, mas fico feliz de ter conseguido despertar sua curiosidade.
      Obrigada pelos elogios 😉

      Curtir

  7. Resenha sensacional!
    Nunca tinha ouvido falar desses livros. Mas como amei a resenha sobre o ultimo livro, vou procurar ler.
    Assumo que esse não é bem o estilo de livro que costumo ler, mas fiquei encantada com suas palavras e de certeza volto por aqui pra deixar um comentário sobre a leitura!

    Curtido por 1 pessoa

  8. Terminei de ler a série e devo confessar que os sentimentos com o final são os mesmo, faltou um epílogo para saber o desfecho de personagens muito importantes na história. A Prudence, ou por consideração devo dizer “a mestiça” é muito engraçada, e em certas situações demonstra uma sensibilidade e madurez impressionantes. Obrigada por ter me apresentado essa série que me fez passar bons momentos.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ai que amooooor!!! Fico muito feliz em saber que você gostou da série. ❤
      Apesar de o final ter deixado um pouco a desejar, eu gostei muito de ler todas as aventuras de Alexia e companhia rs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s