Resenha: 'A Tentação de Levi – Jules Barnard'

Oi gente!! Hoje tem resenha de um livro que eu recebi de parceria. A Tentação de Levi foi o livro de estreia da Editora Bookmarks no mercado editorial e eu li super rápido. Apesar de ter lido em ebook, a editora também fez o livro impresso para aqueles leitores que amam ter os livros em suas mãos. Enfim, leiam a sinopse que eu já conto o que achei do livro de estreia da autora Jules Barnard no Brasil…

“O proibido nunca pareceu tão tentador.
A carreira de Levi Cade como bombeiro terminou após um acidente no trabalho. Depois, seu pai morreu e o deixou encarregado do resort multimilionário da família. Agora, ele é forçado a trabalhar com consultores financeiros lhe dizendo o que fazer e precis de alguém em quem possa confiar ao seu lado.
A candidata perfeita entra pela porta usando saia lápis, blusa branca justa e tem cabelos loiros ondulados que tenta controlar.
O único problema? Ela é a irmã mais nova da sua ex-namorada traidora.
De jeito nenhum. A última coisa que Levi precisa é de outra Wright na sua vida.
Por outro lado, ele sempre gostou de brincar com fogo.”

img_20200305_151915

Levi Cade é o mais velho dos irmãos Cade e por isso recebeu a responsabilidade de administrar o resort luxuoso da família. Ele ainda está superando o fim de sua carreira como bombeiro após um acidente que o impossibilitou de fazer seu trabalho. Agora ele precisa trabalhar com vários consultores financeiros para que o negócio da família continue milionário como sempre foi na administração de seu pai. Levi não sabe como ser um CEO, ele é bombeiro, era tudo que sabia e gostava de fazer, mas ele não vai deixar tudo que o pai criou ir à falência e para isso precisará trabalhar ao lado da irmã mais nova de sua ex-namorada.

Emily Wright é a mais nova das irmãs Wright e desde que conheceu Levi, ela tem um crush secreto nele. Ela o viu poucas vezes durante o namoro dele com Lisa, mas sempre foi completamente apaixonada por ele e agora precisava trabalhar com um Levi muito mais bonito do que ela se lembrava. Só que inicialmente ele não receberá muito bem a ideia de trabalhar com a irmã de Lisa, pois ele havia planejado a vida inteira com ela e Lisa o traiu da pior maneira. Agora Emily precisará superar seu crush por Levi, fazer seu trabalho e ainda mostrar que apesar de amar a irmã, não achava certo o que ela tinha feito com ele.

“No fundo, nada havia mudado. Ainda estava atraída por Levi Cade. E continuava sem ter chance com ele.”

Enquanto Levi se sente frustrado por não saber muito bem o que fazer, Emily parece feita para o trabalho. Ela tem novas ideias para conquistar novos clientes e se mostra sempre segura e organizada. Ele se sente atraído por ela, mas sempre fica negando esse sentimento por causa do passado dele com a irmã mais velha da moça. Enquanto isso Emily tenta manter seus sentimentos guardados, pois apesar de sentir que Levi também está atraído por ela, se nega a ficar sendo rejeitada por ele o tempo todo, então foca todas as suas energias no resort.

Levi vai precisar trabalhar muito para reconquistar antigos e ganhar novo clientes, mas com a ajuda de Emily, isso se mostra cada vez mais possível. Além disso, com o passar dos dias, ele começa a se sentir mais a vontade no cargo mesmo que a sua paixão ainda seja ser bombeiro. Tanto Emily, quantos os irmãos de Levim percebem que ele tem um talento nato para liderança e acreditam que o resort da família voltará aos tempos de glória. Só que todas as vezes que eles dão um passo a frente para sair da crise financeira, eles dão outros para trás. Aparentemente alguém está sabotando o negócio da família e cabe a Levi descobrir se isso é verdade.

“Aquilo não era uma comédia romântica em que o mocinho bonito ansiava secretamente pela nerd desajeitada.”

Eu não vou me prolongar na descrição da história, pois A Tentação de Levi é um livro pequeno, de menos de 300 páginas. Eu não quero entregar tudo e acabar soltando spoilers desnecessários. O que vocês precisam saber é que essa é uma daquelas histórias bem gostosinhas, ideial para ler entre aqueles livros que nos deixam com ressaca literária. Eu gostei bastante dessa história por causa da leveza e da construção dos personagens. A gente vai notando a evolução de cada um deles, além do romance que vai surgindo entre os protagonistas.

Outra coisa que eu amei de verdade é que seja um romance que envolve famílias. Levi se sente o protetor dos irmãos. Por mais que ele tenha um relacionamento difícil com o irmão mais novo, ele não deixa de pensar no futuro de cada um deles. E não apenas em sua própria família. Ele tem medo que o resort não volte a ter os lucros de antes e tenha que demitir seus funcionários. Também é por questões de família, que inicialmente Levi não se permite gostar de Emily. Ela praticamente teve que lhe mostrar que eram perfeitos um para o outro.

“O único problema? Ela é a irmã mais nova da sua ex-namorada traidora.
De jeito nenhum. A última coisa que Levi precisa é de outra Wright na sua vida.”

Eu amo o quanto Levi não é soberbo. Ele cresceu em meio a riqueza, mas nunca foi esnobe com as pessoas que não tiveram os mesmo privilégios que ele. Ele se tornou bombeiro para que pudesse salvar vidas independente de ser uma profissão que não lhe pagaria bem. Ele praticamente deu a sua vida por essa profissão, mas acabou tendo que se afastar quando se acidentou e depois para assumir o negócio da família. Ele é lindo, inteligente, generoso e a cada página lida não é difícil entender porque Emily sempre foi apaixonada por ele. Seu grande defeito é ser teimoso e em vários momentos ele provou isso. Só que ele não tem vergonha de reconhecer que estava errado.

Emily é aquela mocinha que eu gosto de enaltecer. Ela não é mimizenta, não se deixa humilhar e corre atrás do que quer. Quando ela começa a trabalhar com Levi, ela sabe que precisa evitar que sua paixonite prejudique seu trabalho e seu relacionamento profissional com ele. Além disso, sente culpa por gostar tanto do ex-namorado da irmã e isso pode ter sido um dos maiores erros na trama, pois em alguns momentos eu achei que ela não se valorizou como deveria ter feito. Ela é uma mulher inteligente, carismática e muito leal a quem ela ama. Mesmo que a relação não tenha sido instantânea, eu gostei que a autora construiu um relacionamento aos poucos e nos deu a chance de ir gostando de cada um deles separadamente.

A Tentação de Levi é o primeiro romance da Editora Bookmarks. Elas são uma editora que ‘nasceu’ em 2019 e teve seu primeiro romance publicado em janeiro de 2020. Eu achei a capa desse livro bem bonita e apesar de não ser uma história muito hot, eu acho que esse tanquinho se enquadra perfeitamente para o Levi. A diagramação é bem simples, mas eu não achei erros gráficos. Como eu disse, eu li a versão em ebook, mas a editora fez uma linda edição física que pode ser encontrada na Amazon ou direto com a editora. Eu nunca tinha lido nada da autora, achei a narrativa dela bem fluída e como estamos falando do primeiro livro de uma série, ela já deixou o gancho para o próximo livro.

A Tentação de Levi é um romance envolvente, com umas boas doses de erotismo e com personagens que vão te conquistando a cada página. Sem falar que tem uma pitada de drama com investigação só para deixar a trama mais interessante. Essa história fala sobre perdão e também sobre as consequências de se viver no passado sem se permite arriscar no novo. Nos mostra uma mulher que lutou pelo amor do homem que sempre foi apaixonada e de um homem que viveu tempo demais se culpando pelo passado. Leiam a Tentação de Levi e já preparem para mar o próximo irmão Cage. Deixo minhas 4 Angélicas.

Um comentário em “Resenha: 'A Tentação de Levi – Jules Barnard'

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s